16 de julho de 2015

INDICAÇÃO: TODA LUZ QUE NÃO PODEMOS VER - Anthony Doerr (Ed. Intrínseca)



Olá, pessoal!

Nessa Semana Especial da editora INTRÍNSECA não poderia deixar de fazer um post de indicação de um livro magnífico: TODA LUZ QUE NÃO PODEMOS VER do ANTHONY DOERR.

Toda Luz Que Não Podemos VerTODA LUZ QUE NÃO PODEMOS VER
ANTHONY DOERR
Editora: INTRÍNSECA              
Ano: 2015
Nº págs: 528
Gênero: Drama

SINOPSE: Marie-Laure vive em Paris, perto do Museu de História Natural, onde seu pai é o chaveiro responsável por cuidar de milhares de fechaduras. Quando a menina fica cega, aos seis anos, o pai constrói uma maquete em miniatura do bairro onde moram para que ela seja capaz de memorizar os caminhos. Na ocupação nazista em Paris, pai e filha fogem para a cidade de Saint-Malo e levam consigo o que talvez seja o mais valioso tesouro do museu. Em uma região de minas na Alemanha, o órfão Werner cresce com a irmã mais nova, encantado pelo rádio que certo dia encontram em uma pilha de lixo. Com a prática, acaba se tornando especialista no aparelho, talento que lhe vale uma vaga em uma escola nazista e, logo depois, uma missão especial: descobrir a fonte das transmissões de rádio responsáveis pela chegada dos Aliados na Normandia. Cada vez mais consciente dos custos humanos de seu trabalho, o rapaz é enviado então para Saint-Malo, onde seu caminho cruza o de Marie-Laure, enquanto ambos tentam sobreviver à Segunda Guerra Mundial.Uma história arrebatadora contada de forma fascinante. Com incrível habilidade para combinar lirismo e uma observação atenta dos horrores da guerra, o premiado autor Anthony Doerr constrói, em Toda luz que não podemos ver, um tocante romance sobre o que há além do mundo visível.

Eu poderia começar essa post dizendo que sou suspeita para falar de livros que remetam à 2ª Guerra, pois sempre amo todos eles. Mas, como vocês já sabem disso, vou partir logo para a babação de ovo e dizer que vocês DEVEM ler essa obra magnífica!

É com muita destreza e sensibilidade que DOERR narra sobre a vida de Marie-Laure em meio a 2ª Guerra e as tristezas profundas que essa época gerou a ela, e sobre a vida de Werner, um órfão alemão com talento para os rádios eletrônicos, aparelhos esses capazes de descobrir a chegada de inimigos.

Assim que iniciamos a leitura sabemos que em algum momento a vida desses dois personagens irá se chocar, contudo, confesso não ter ficado nada ansiosa pelo acontecimento, isso porque DOERR narrou tudo de forma tão magistral que eu torcia a cada página para que ele “enrolasse” um pouco mais e o livro não terminasse nunca, afinal, ele foi minha companhia por quase uma semana inteira e ao fechá-lo senti que um pedaço de mim se fechava junto com a última página. 

Optei por fazer um post de indicação sobre esse livro e não uma resenha por realmente não saber o que falar sobre ele e não ter palavras suficientes para descrever o quão magnânima foi essa leitura. Mas posso dizer que me revoltei, sorri, sofri, chorei, senti alívio, desespero, tristeza, alegria e muito mais, pois o autor consegue realmente nos inserir no meio dessa Guerra tão aterradora e ao mesmo tempo na vida desses personagens tão singulares e marcantes. 
                             
TODA LUZ QUE NÃO PODEMOS VER é aquele livro que quando acabamos de ler ficamos de boca aberta, sem palavras, mas, provavelmente, eternamente tocados. É aquele livro que a gente não esquece, que marca, que permanece, e que sabemos que anos vão se passar e que quando o tema da 2ª Guerra vier a baila, ele será um dos primeiros títulos a serem lembrados. A narrativa de DOERR vai permanecer para sempre em meu coração, e espero que no de vocês também. Eu poderia dizer que vocês deveriam preparar os lenços para essa leitura, mas acho melhor dizer que vocês devem preparar a alma para recebê-la. Mais um livro da INTRÍNSECA na minha lista de favoritos <3


Comente com o Facebook:

22 comentários:

  1. Oi, já tinha lido outra resenha, em que não gostaram muito. Não sei se vou ler, o que me chama muito as atenção nesse livro é o fato de a história se passar na 2ª Guerra Mundial, além de gostar muito de livros que nos sensibilize a esse ponto, então talvez leia. Bjus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ma, vale a leitura. Ela é um pouco mais lenta, mas uma vez que você se joga de cabeça, é difícil sair dessa narrativa.

      Bjs

      Excluir
  2. Um livro que te provocou tantas emoções intensas, Mari, com toda certeza vale a pena ler. Vou anotar sua indicação e quando for ler tentarei me preparar emocionalmente antes de iniciar essa leitura, um tema forte com personagens singulares e marcantes com toda certeza me deixará em lágrimas.
    Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Any, depois volta para dizer que gostou tanto quanto eu.

      Bjs

      Excluir
  3. Mari!
    Gosto demais também dos livros ambientados em guerras, porque nos mostram uma realidade sofrida e não vivida por nós.
    Imagino todo sofrimento passado pelos protagonistas durante o período da 2ª guerra e gostaria de ler.
    “A vantagem de ter péssima memória é divertir-se muitas vezes com as mesmas coisas boas como se fosse a primeira vez.”(Friedrich Nietzsche)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  4. Eu já tinha vontade de ler esse livro quando vi nos lançamentos, mas você está falando tanto dele que agora já estou doida pelo livro. Também sou suspeita porque amo livros que acontecem durante a 2ª Guerra, então é impossível eu não gostar. O autor parece ser realmente ótimo, e o livro parece ser bem emocionante mesmo. Com certeza vou ler ele :D
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafa, depois que ler volta pra dizer se gostou.

      Bjs

      Excluir
  5. Uau!! Suas palavras sobre o livro, nos estiga a entrar de cabeça nesse drama. Adoro histórias que remetem a segunda guerra mundial. Adorei a sinopse. E assim que ler, voltarei pra comentar. :)
    Grande bj

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Livros da 2ª Guerra, são nota: 10, ótima resenha :)

    ResponderExcluir
  8. Muitos amigos já leram e recomendaram. Disseram que o livro é maravilhoso, a história é tocante e o "plano de fundo" sendo a Segunda Guerra deixa o livro mais interessante do que ele já é. Espero lê-lo em breve!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lucas. Espero que você possa ler em breve também.

      Abraços

      Excluir
  9. historia legal,tenho certza q vou adorar ler,pq curto esse tipo de story....e bela capa

    ResponderExcluir
  10. Meu, como quero ler esse safado. Muito bom! Toda resenha que vejo é só pra dar mais vontade de ler. E parece ser desses que deixam o leitor pasmo no fim. Estou me roendo pra ler esse livro o.o

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkk, chorei com "Meu, como quero ler esse safado", kkkkkkkkkk. Leiaaaa, é lindo <3

      Excluir
  11. Ouvi falar desse livro na caravana da Intrínseca e fiquei apaixonada pela capa, quando ele foi citado na palestra a e a moça contou alguma coisa com lagrimas nos olhos me apaixonei, preciso desse livro pra ontem, também gosto muito dos livros de guera e que me fazem chorar, esperando a chance de poder tê-lo em mãos.

    ResponderExcluir
  12. Não há nada melhor do que aquele sentimento maravilhoso de dever cumprido que o livro nos deixa assim que fechamos suas páginas.É dificil encontrar palavras quando você se emociona tanto com uma leitura que ela chega a se tornar um ponto referencial pra você.Super aceito essa sua dica e vou lê-lo sim,por que se você gostou tanto pelo menos um pouquinho eu também vou gostar.
    beijos

    ResponderExcluir
  13. Esse livro é maravilhoso!!!! Eu chorava feito criança ao término dessa leitura, e quando eu consegui parar de chorar, eu queria recomeçar a leitura imediatamente pois não queria me separar dos personagens. É de uma sensibilidade essa história como vi poucas vezes na vida. Todos deveriam ler este livro! TODOS!!!!!!

    ResponderExcluir
  14. PARA TUDOOOOOOOOOOOOOOO!!!! EU QUERO ESSE LIVRO ANTES MESMO DE A INTRÍNSECA ANUNCIAR QUE IRIA LANÇAR ELE AQUI! Infelizmente ser pobre não me ajuda e não consegui comprar até agora! ME DÁ? Meus deus, acho que não vou falar muito para não ser incoerente! Mas gostei da forma como você falou do livro porque assim não adquiro muita informação sobre ele e descubro tudo por conta própria. Bom, sabe aquele tipo de livro que ainda não lemos mas amamos? Pois é!

    ResponderExcluir
  15. Meus sentimentos por esse livro são bem contraditórios.
    Primeiro: Amo livro tijolos, desses com muitas páginas mesmo e esse livro se encaixa nessa colocação.
    Segundo: Não curto muito livros sobre segunda guerra mundial, pois sempre tem uma parte triste que eu não consigo superar.
    Quero muito ler essa obra, porém meu coração frágil de leitor já foi quebrado tantas vezes, que dá até um certo medo de iniciar um livro desse porte.

    ResponderExcluir
  16. Ansiosa para ler essa obra, resenha maravilhosa!!

    ResponderExcluir

* Deixe seu comentário e me faça feliz :D
* Se você tem um blog, não esqueça de deixar o link.