29 de julho de 2014

RESENHA + Sorteio de Marcadores: FILHA DA ILUSÃO - Teri Brown (Ed. Valentina)



Hi, gente!

Hoje vou falar sobre mais um lançamento divino da editora VALENTINA: FILHA DA ILUSÃO da TERI BROWN.

Filha da IlusãoFILHA DA ILUSÃO (vol.1)
TERI BROWN
Série: Herdeiros da Magia
Editora: VALENTINA              
Ano: 2014                  
Nº págs: 288
Gênero: Sobrenatural

SINOPSE: Ilusionista talentosa, Anna é assistente de sua mãe, a famosa médium Marguerite Van Housen, em seus shows e sessões espíritas, transitando livremente pelo mundo clandestino dos mágicos e mentalistas da Nova York dos anos 1920. Como filha ilegítima de Harry Houdini - ou pelo menos, é o que Marguerite alega - os passes de mágica não representam um grande desafio para a garota de 16 anos: o truqye mais difícil é esconder seus verdadeiros dons da mãe oportunista. Afinal, enquanto os poderes de Marguerite não passam de uma fraude, Anna consegue realmente se comunicar com os mortos, captar os sentimentos das pessoas e prever o futuro.
Porém, à medida que os poderes de Anna vão se intensificando, ela começa a experimentar visões apavorantes que a levam a explorar as habilidades por tanto tempo escondidas. E, quando um jovem enigmático chamado Cole se muda para o apartamento do andar de baixo, apresentando Anna a uma sociedade secreta que estuda pessoas com dons semelhantes aos seus, ela começa a se perguntar se há coisas mais importantes na vida do que guardar segredos. Mas em quem ela pode, de fato, confiar?

No início desse ano, havia estabelecido como meta não iniciar novas séries, mas a promessa durou pouco, pois logo comecei a ler novas séries e trilogias, mas, se não tivesse quebrado esse trato antes, com certeza teria quebrado agora, simplesmente porque não consigo resistir a uma série da VALENTINA. A editora é hoje responsável por três séries que entraram para minhas favoritas e não vejo à hora de continuar: O PROTETORADO DA SOMBRINHA, O ESTRANHO MUNDO DE JANE TRUE e INCARNATE. Obviamente, depois de ler FILHA DA ILUSÃO, uma quarta série entra para minhas favoritas: HERDEIROS DA MAGIA.

Quando solicitei FILHA DA ILUSÃO foi mais por curiosidade. Achei que ia ser um início bacana de série, uma premissa diferente, mas fui surpreendia ao notar que a premissa foi muito mais diferente que imaginei e o início foi muito melhor do que podia supor. Uma coisa é lermos uma história sobre magia que conta com magos e bruxas, outra é lermos sobre dons e poderes em humanos, gente que nasceu como a gente, mas com algumas peculiaridades. Jamais li um livro sobre ilusionistas ou médiuns, e já por isso FILHA DA ILUSÃO me surpreendeu e me conquistou. Bastou o primeiro capítulo para que eu ficasse apaixonada pela narrativa de Anna sobre os mistérios que cercam sua vida.

Anna e sua mãe fazem um show que mistura magia e mediunidade, parte é um embuste, mas os dons de Anna são verdadeiros e ela consegue de fato se comunicar com os mortos, sentir as emoções das pessoas e outras coisinhas mais. Dizem que seu pai é o famoso Houdini, e por várias páginas investigamos, junto com Anna, sobre essa paternidade.

Se o enredo já foi instigante, a narrativa de BROWN foi ainda mais. Anna pode ter dons sobrenaturais, mas TERI com toda certeza tem o dom da escrita. Foi maravilhoso mergulhar nesse mundo tão diferente e místico que ela criou. Tudo acontece de forma tão leve e tão natural que as páginas passam sem que percebamos. Além disso, a autora tem uma forma bastante sutil de narrar, e acho que justamente por isso consegue assustar. Logo no início, na primeira sessão espírita que Anna relata ao leitor, meu sangue gelou. Já li muito STEPHEN KING, e com as palavras de TERI senti um medo bastante genuíno, bem semelhante ao que sinto quando leio algo mais pesado do mestre. Não que FILHA DE ILUSÃO seja um livro de terror, longe disso. Também não creio que exista a intenção por parte da autora em transformá-lo em algo que dê medo, mas foi impossível não sentir esse medinho (delicioso) em algumas situações, mesmo porque a autora escreve de um jeito que realmente me fez acreditar que os poderes de Anna são reais e que os espíritos de fato se comunicam com a garota. Confesso, porém, ser facilmente influenciável nesse sentido, pois realmente acredito nessas coisas; então TERI não precisou se esforçar nem um pouco para me convencer da veracidade dos fatos, menos ainda para me deixar com medo, rs.

Quanto a Anna, que protagonista fabulosa! Madura, inteligente, corajosa, audaciosa, sem frescuras e nada semelhante com as “aborrecentes” que estamos acostumados nos livros atuais. O romance que se desenvolve nas páginas de FILHA DA ILUSÃO é calmo e gradativo, nada daquela coisa avassaladora de “te conheci ontem, já te amo mais que tudo mundo e quero ficar com você para sempre”. Por Anna ser desconfiada de tudo e todos, vai com bastante calma, até mesmo quando o assunto é seu coraçãozinho.

Outro ponto bastante positivo, e esse achei de fato sublime, foi a presença da mãe de Anna, Marguerite. Uma coisa que estou cansada nos livros com adolescentes é o afastamento do adulto. Parece que é de praxe esse afastamento. Minha birra sobre isso é enorme, pois parece que os adolescentes ficam jogados no mundo, responsáveis por si mesmos e os pais tem uma atitude “ok, queridos, vão viver a vida”. Esse tipo de livro não me convence, pois, por mais que possa de fato existir alguns pais relapsos, alguns livros exageram, como, por exemplo, um que li esses tempos que tinha dois adolescentes com uma doença gravíssima e papais e mamães simplesmente não deram as caras. Minha opinião sobre isso? O autor tem claramente preguiça crônica de desenvolver uma história mais elaborada e trabalhada. Já TERI não se encaixa de forma alguma nesse perfil de preguiçosos. Em seu enredo ela encontra bastante tempo para nos inserir na relação de mãe e filha entre Anna e Marguerite; e é uma relação tensa, permeada por segredos, e algumas vezes até ciúme. É impossível ler FILHA DA ILUSÃO e não sentir certa raiva dessa mãe e de algumas de suas atitudes. Não que ela seja uma pessoa má ou cruel, mas tem uma relação às avessas com Anna, parecendo muitas vezes competir com a garota. Gostei muito da forma como a autora explorou essa relação e mais ainda de como a aprofundou e nos deu algumas respostas sobre as razões desse tratamento. Fiquei maravilhada.

Também foi fabulosa a forma como vários ganchinhos foram se abrindo para o próximo volume. Gosto muito de séries que têm o primeiro volume extremamente bem elaborado e esse é o caso. A sensação é de estar em um mar de informações e encontrar respostas para boa parte delas, mas nada que possamos ter a certeza de estarmos em um bote e seguros, pelo contrário, ao chegar ao final, estamos navegando em uma bóia, sabendo que teremos muita água pela frente e que o caminho a ser trilhado não será nada simples. 

Para mim, FILHA DA ILUSÃO foi uma leitura bastante diferente. É com certo desespero que já digo que estou louca pelo próximo. Não pode demorar <3 Quem está à procura de algo diferente da mesmice que está nos inundando ultimamente, não pode perder! CONFIRAM!


Curtiu o livro e quer ganhar MARCADORES da VALENTINA?
Basta comentar no post e deixar seu EMAIL ou TWITTER.

Todos os comentários serão válidos.
Cada comentário receberá um Nº em ordem crescente.
Os comentários feitos pelo face iniciarão a ordem.
O sorteio será feito pelo Sorteador.
O vencedor terá 48 horas para responder ao contato, depois disso um novo sorteio será feito.
O resultado sairá nesse post, dia 20/08

O sorteado receberá os seguintes marcadores: 



VENCEDORA DO SORTEIO:





Comente com o Facebook:

21 comentários:

  1. Nossa!! Eu também estava nessa de não começar séries, mas acho que por Filha da Ilusão vale a pena! Ótima resenha.

    Beijos
    Nati

    www.meninadelivro.com.br

    ResponderExcluir
  2. Parece um bom livro e se tiver oportunidade de ler vou lê-lo. Gostei do que vc citou sobre os pais. Realmente hj em dia parece q nos livros tds os jovens são orfãs, é uma coisa que me incomodava , mas eu nao tinha pensado muito no assunto. Ótima resenha.

    http://pdeparanoia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. A Valentina tem títulos tentadores mesmo. Já queria muito esse e você me deixou super ansiosa, Mari. Ótima resenha.

    Abraço!
    http://constantesevariaveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. eu tbm me impressiono com esse tipo de coisa... seilah... vai que realmente eles tentem se comunicar conosco... xD
    esse livro deve ser fantástico, tem muito tempo que não leio algo no gênero... vou procurar pra ler...
    http://torporniilista.blogspot.com.br/2014/07/who-needs-50-shades-of-grey-when-youve.html

    psychokillerstrange@gmail.com

    bjs, flor. ^^

    ResponderExcluir
  5. Oiee.
    Eu nunca poderia imaginar que esse livro é tão bom, eu nem tinha me interessado em ler a sinopse, mas depois de ler sua resenha estou mais do que interessada.
    Não lembro de ter lido nada nem parecido, fiquei ansiosa agora para lê-lo.
    Bjokas!

    ResponderExcluir
  6. marcadores <3
    ana-carolina-2309@hotmail.com

    ResponderExcluir
  7. Uau o livro parece ser muito bom e eu entendi bem o que você quis dizer com esse medinho que sentimos ao longo do livro... rs

    Bjs
    @euniceely

    ResponderExcluir
  8. Eu adoro a sinopse desse livro! Fico feliz em saber que a protagonista não é uma aborrecente... mas tbm gosto de livros assim rs A capa é fascinante!

    luana_sfreire@hotmail.com

    ResponderExcluir
  9. Eu quero muito ler esse livro desde que vi a sinopse (e a capa :x) porque é super diferente de tudo que já li !!!!!

    @IlanaM2 / ilana_aaa@hotmail.com

    ResponderExcluir
  10. Parece ser um livro bem diferente dos demais. Adorei essa resenha, só de ter lido já fiquei super animada para ler o livro. Muito bom o texto, parabéns!
    Beijos :D
    maria.l.procopio@outlook.com

    ResponderExcluir
  11. Assisti a um filme com uma trama similar, no filme Houdini é um "mágico" que consegue se libertar de qualquer lugar em que esteja preso - algemado em um tanque d 'agua, em um baú enfim, em qualquer lugar, ele viaja o mundo se apresentando e buscando alguém que seja capaz de repetir as últimas palavras da mãe em seu leito de morte, é agora que acho que as histórias se cruzam, ele conhece uma mulher humilde que tem uma filha na faixa de 13 anos (eu acho) e diz ser capaz de fazer o mesmo que Marguerite Van Housen, personagem deste livro faz, mas em uma das apresentações é a filha dela quem tem contato com o sobrenatural, não sei se um foi baseado no outro mas acho as histórias meio que "se ligam", o livro com certeza deve ser maravilhoso e este toque sobrenatural é a cereja em cima do bolo

    rosamistica_7@hotmail.com

    ResponderExcluir
  12. Oie... não conhecia a série mas fiquei com muita vontade de ler!
    O livro é bem inovador e gostei bastante da resenha.

    ResponderExcluir
  13. Mari, acho que também nunca li um livro sobre ilusionistas ou coisas assim. A sinopse não chegou a me interessar muito não, deixaria fácil ele passar, mas você parece ter gostado bastante, né? Só fiquei com um pouco de medo de achar as partes assustadoras mais assustadoras que você achou, e ficar com medo demais rs. Parece uma história bem diferente e inovadora, fiquei curiosa.

    Beijos,
    Adri - adrianebrust@gmail.com

    ResponderExcluir
  14. Até hoje não me decepcionei com as publicações da Editora Valentina, e aposto que a Filha da Ilusão não será diferente, sou fã de mágica, e consequentemente de Houdini, e ainda adoro suspense e terror, que pelo jeito são ingredientes deste livro, então creio que irei adora-lo.


    Participando!!
    julielton8@hotmail.com
    Twitter: @Julieltoon
    http://dialeticaproposital.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Eu fico desesperada pra pegar a continuação, sempre assim, mas me interessei muito pelo livro...
    fora que a capa é maravilhosa..
    A Editora Valentina sempre faz um ótimo trabalho.

    idalinabordotti@yahoo.com.br
    @idadarkstar

    ResponderExcluir
  16. O livro parece ser ótimo :o
    camylaallves@hotmail.com
    @yummy_candies

    ResponderExcluir
  17. Olá eu adoro série, e trilogias então só o fato de deixar um baita gancho para o proximo volume já me atrai, a premissa é super interessante e diferente mais um ponto! Adorei sua resenha fiquei com vontade de sair correndo para procurar um exemplar!

    estantediagonal@gmail.com

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  18. Eu queroo!
    twitter : @wordsandhills

    ResponderExcluir
  19. Ganhei \õ/
    Fiquei muito feliz, obrigada *-*

    ResponderExcluir
  20. To querendo muito esse livro, pela resenha o livro parece ser muito elaborado alem da mediunidade da Anna tem a relação difícil com a mãe e o Houdini, ainda bem que a autora escreve bem porque tem muito livro com uma premissa boa mas a escrita do autor acaba não rendendo uma boa historia.

    ResponderExcluir

* Deixe seu comentário e me faça feliz :D
* Se você tem um blog, não esqueça de deixar o link.