15 de abril de 2014

RESENHA: OS BONS SUICIDAS - Toni Hill (Ed. Tordesilhas)



Oi, gente.


Hoje vou falar de OS BONS SUICIDAS do TONI HILL, segundo volume da série Héctor Salgado, lançado pela editora TORDESILHAS.

Os Bons SuicidasOS BONS SUICIDAS (vol. 2)
TONI HILL
Série: Héctor Salgado 
Editora: TORDESILHAS              
Ano: 2014                  
Nº págs: 392
Gênero: Policial

SINOPSE: Noite de Reis, 2011. No meio da madrugada, o inspetor Héctor Salgado recebe um telefonema: a secretária do diretor-geral de uma conhecida fábrica de cosméticos de Barcelona se jogara nos trilhos do metrô. Com a investigação em curso, Salgado vai descobrindo por trás desse suicídio a complexa e perigosa rede de mentiras que envolve um grupo de funcionários da empresa. Segundo volume da série que se iniciou com a publicação de O verão das bonecas mortas, Os bons suicidas não decepcionará os leitores que se encantaram com o ritmo ágil e a escrita elegante de Toni Hill – e também com sua capacidade de criar finais desconcertantes.

Quem leu a resenha de O VERÃO DAS BONECAS MORTAS percebeu que fiquei extremamente louca pelo autor. Precisava, com urgência, ler mais livros dele e fiquei esfuziante quando OS BONS SUICIDAS chegou. TONI é aquele tipo de autor que escreve de forma gloriosa, que nos deixa curiosos do começo ao fim, e até em desespero para saber onde a investigação vai chegar.

Se em O VERÃO DAS BONECAS MORTAS o autor explorou algumas vertentes, fez conexões e deixou migalhinhas para esse segundo volume, em OS BONS SUICIDAS ele seguiu por uma reta só, uma linha investigativa apenas, com algumas salpicadas das migalhas anteriores. Explico: neste volume, Héctor Salgado foi afastado da investigação sobre o desaparecimento de sua ex-esposa e investigou, exclusivamente, o suicídio de alguns funcionários de uma grandiosa empresa de cosméticos que haviam passado um fim de semana juntos em uma casa para fazer um treinamento. No fim de semana em questão, esses funcionários depararam-se com uma cena terrível e algo perturbador aconteceu com eles, e um a um começaram a se matar.

Confesso que adoro quando livros policiais perpassam por duas ou mais vertentes para encontrarem uma conexão, aparentemente sem sentido, ao final, contudo, mesmo Salgado explorando apenas uma investigação, o livro não perdeu seu brilho. Pelo contrário, os personagens envolvidos são tão interessantes que abrir o enredo para mais um caso teria apagado a personalidade e a história deles, o que não merecia acontecer, tamanha quantidade de fatos e histórias sobre si mesmo que cada um tinha para contar.

A dose de drama que o autor inseriu na vida de cada um dos presentes, diante da tragédia vivida, também foi magnífica para dar ao livro todo aquele ar sombrio que um bom policial precisa. Ora nos apiedávamos do personagem, ora achávamos que ele tinha que pagar pelo que tinha feito, o que quer que fosse, pois demorou muito para alguma coisa ser realmente revelada.

Quando o mistério foi resolvido fiquei bastante surpresa, mas não vou dizer que em algum momento da narrativa tentei bancar a detetive e desvendar o que poderia ter acontecido, isso porque tudo foi tão intenso e os personagens e suas vidas pessoais eram tão interessantes, que não fiquei preocupada em bancar a detetive, apenas fui absorvendo cada uma das singularidades que aconteciam para poder me deliciar com as motivações finais.

Quanto ao desaparecimento da ex-esposa de Salgado, ele até é investigado e bastante mencionado, mas não é feito por Salgado e nem complementa o caso em que ele está trabalhando. O desaparecimento, que vem desde O VERÃO DAS BONECAS MORTAS, é deixado em aberto, apenas como mais migalhas para o próximo volume, porém, a personalidade de Ruth foi bem aprofundada e passamos a conhecer melhor essa misteriosa mulher e seu passado. Estou torcendo para que no próximo livro esse mistério se desvende, pois estou super curiosa.  

Apesar dessa retomada ao volume anterior e a deixa para o próximo, é possível ler OS BONS SUICIDAS sem ter lido O VERÃO DAS BONECAS MORTAS, isso porque o autor retoma as explicações principais e não deixa o leitor frente ao desconhecido. Esse é um dos aspectos mais interessantes nos livros policiais, a flexibilidade e possibilidade de lermos uma série com determinado investigador sem sermos obrigados a segui-la na sequência.

Sobre o desfecho, confesso que esperava algo mais sinistro e medonho em relação ao segredo que os empregados da empresa de cosmético guardavam. Claro que foi algo absurdo, mas não achei que foi forte ou terrível, pelo tamanho do segredo que se fez, esperei algo monstruoso e assustador, contudo, o segredo das mortes está nas motivações, e essas sim foram interessantíssimas.
  
OS BONS SUICIDAS foi mais um livro do HILL que adorei e não vejo a hora de poder ler mais desse autor espanhol que sabe aguçar a curiosidade do leitor tão bem. <3. Já estou com saudade.

Comente com o Facebook:

34 comentários:

  1. Caramba, li sua resenha por inteiro e simplesmente amei. Ele parece com um Harlan Coben mais medonho e ousado. Agora fiquei meeega animada para ler. Eu quero muuuuuuuuuuuito ganhar esse sorteio aí hein *O* Dedinhos cruzados

    Beijocas. Mar Paschoal
    www.LaGarota.com.br

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia esse livro, mas pela sua empolgação, fiquei com vontade de ler!
    Ótima dica
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  3. Mais um livro que fiquei querendo muito ler :D.. Vou ter que criar uma lista porque desse jeito não vou lembrar de todos depois :P
    Vou ter que ler mais algum livro do Harlan Coben também, tanta gente que ama esse autor e eu não achei tanto assim, mas talvez eu tenha pego um livro mais fraco.. terei que tirar a duvida :)

    ResponderExcluir
  4. Desde que li "O Verão das Bonecas Mortas" que eu tenho ficado em um estado constante de ansiedade. Mandei tantos e-mails para a editora perguntando quando o livro seria lançado que foi uma verdadeira surpresa quando vi uma foto dele prontinho. Lendo sua resenha tive que conter um resmungo pela falta de resolução do caso da ex do Salgado, ainda bem que o caso dos suicídios foi interessante o suficiente para manter o leitor atento a história. Estou roendo as unhas para que o meu exemplar chegue logo, mal posso esperar para conferir cada detalhe da trama. Com relação ao terceiro, é uma pena que o autor ainda não tenha fornecido nenhuma informação sobre ele, vou perguntar lá no Facebook (ele é um amor!) -rsrs-.
    Beijos,
    Isa | http://www.mundodoslivros.com/

    ResponderExcluir
  5. Gostei do título, não gostei da capa. Mas, o principal é que gostei da resenha e portanto de ser um bom romance policial. E com personagens realistas com seus dramas passados.
    Pena o final não ser muito chocante, prefiro sempre coisas bem perturbadoras.

    ResponderExcluir
  6. Essa é a primeira vez que leio alguma coisa sobre esse livro. Se fosse apenas pelo nome - ( os bons suicidas) existem mesmo? - eu jamais compraria o livro. Por isso é sempre bom a gente ler alguma coisa a respeito, não é mesmo? Amei sua resenha e me interessei pela série.

    ResponderExcluir
  7. Agora eu preciso ler O verão das bonecas mortas apesar de sua resenha deixar bem claro que é possível ler esse segundo livro sem ter lido o primeiro. Eu sou apaixonada por bons romances policiais e também não sou de ficar bancando a grande inestigadora e formulando hipóteses não, prefiro mergulhar na narrativa e ir descobrindo os lances conforme eles são revelados sem tentar me antecipar, mesmo porque autores de livros policiais adoram acrescentar detalhes inesperados no final e reviravoltas de arrepiar.

    ResponderExcluir
  8. Tenho desenvolvido o gosto por livros investigativos. Ainda estou engatinhando e nem sei quem são os melhores autores pq até então não tinha dado mta atenção pelo gênero. Agora sabendo que esse autor é o mesmo de O Verão das Bonecas Mortas sei que devo ler algum livro dele e conhecer a narrativa desse autor!

    Miquilis: Bruna Costenaro

    ResponderExcluir
  9. Sei q dá medo, mas é muito bem falado. Quero ler com certeza.
    https://www.facebook.com.br/meiriellensantos

    ResponderExcluir
  10. A capa é um pouco estranha! adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  11. E você sempre me deixando curiosa com esses livros policiais. Participando aqui e verei se consigo O Verão das Bonecas Mortas porque sou perfeccionista e preciso ler na ordem. Ótima resenha.

    gabicz2@yahoo.com.br

    Abraço!
    http://constantesevariaveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi Mari! Desde que li seus comentários de O Verão das Bonecas Mortas estou doida atrás do livro, mas não encontro para troca e nem em promoção, então ainda não consegui ler. Mas, depois dessa resenha, sinto que vou acabar comprando o livro sem promoção mesmo rs. Parece ser uma ótima série policial, mal posso esperar para ler.
    É ótimo quando ficamos imaginando quem é o assassino e tal, mas um livro que nos traga tanta história que nem dê tempo de pensarmos em investigar é incrível. Sem contar histórias interessantes sobre cada personagem, adorei, já estou morrendo de curiosidade.
    Também gosto do fato dos livros policiais poderem ser lidos fora de ordem, mas isso acaba trazendo um problema. Algumas editoras acabam não achando importante trazer os livros na ordem para cá, e aí sai uma bagunça. Prefiro ler certinho rs.
    Adorei a resenha, um dia consigo ler todos esses livros policiais que vejo aqui (já comecei a ir atrás de uns no skoob, mas é difícil de achar para troca rs).

    Beijos,
    Adri Brust
    http://stolenights.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Ainda não li O Verão das Bonecas Mortas, mas está na minha lista e não sabia que fazia parte de uma série. Este livro também me interessou e gostei de saber que não é necessário ler os livros na ordem e que o autor retoma muitos pontos, relembrando quem leu e informando quem não leu o livro anterior. Também adoro um bom policial e fiquei curiosa com esta, apesar de o final ter deixado a desejar, como você comentou..
    beijos!

    ResponderExcluir
  14. Ainda não li o primeiro, mas gosto muito do gênero, tbm nem imaginava que era uma série....
    a capa é diferente do tema, que bom que não precisa ler na ordem da série.... Com certeza vai entrar para minha lista do que quero ler....

    ResponderExcluir
  15. apenas sensacional. so isso que posso dizer da historia. espero que lendo o livro eu me apaixone ainda mais. nao tive a oportunidade de ler o verao das bonecas mortas ainda.

    ResponderExcluir
  16. apenas sensacional. so isso que posso dizer da historia. espero que lendo o livro eu me apaixone ainda mais. nao tive a oportunidade de ler o verao das bonecas mortas ainda.

    ResponderExcluir
  17. Fiquei preocupada em ler Os Bons Suicidas sem ter lido O Verão das Bonecas Mortas...mas que bom é possível fazer a leitura sem ficar presa ao livro anterior...
    Adoro livros policiais...são tão fascinantes e eletrizantes que nos prendem de tal forma que não é possível querer outra coisa a não ser terminar o livro e descobrir o que está por trás de tudo!
    Adorei a resenha...e diferente de vc...eu fico sempre bancando a detetive!!!rsrsrsrs
    Gosto muito de suspenses e tramas interligadas que no final acabam por se juntarem e fazer a gente ficar de queixo caído!
    Parece ser uma boa pedida esse livro!

    ResponderExcluir
  18. A sinopse é realmente intrigante, e vc fica querendo saber de mais. A resenha está ótima, fiquei realmente com vontade de ler. De um tempo para cá comecei a me fascinar por livros policias... acho que esse vale a pena ler!!

    ResponderExcluir
  19. Este gênero realmente me fascina, e me faz querer encarnar no personagem principal. É como se eu estivesse brincando de detetive. Resenha muito boa, me deixou intrigado. E o melhor de tudo é que a série não segue uma ordem cronológica!

    ResponderExcluir
  20. O verão das bonecas mortas é meu livro desejado do momento, mais ainda não conhecia esse outro, que parece ser tão bom quanto. Espero poder ler em breve.

    ResponderExcluir
  21. Mari, é delicioso pegar um livro e saber que é continuação de um que a gente adorou. E o que é melhor... Ainda superar as suas expectativas. Adoro livros policiais, mas ainda não li essa trilogia. Você me deixou ansiosa para fazer isso.
    Bom saber que mesmo tendo apenas uma vertente a obra não perde o seu brilho e continua encantando o leitor. Ótimo ainda saber que não precisa ler o primeiro para entender o segundo, mas mesmo assim quero ler os três. NECESSITO rs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Naaaty, necessita MESMO! São incríveis!!!

      Bjs

      Excluir
  22. Pretendo ler esse o quanto antes, e espero que seja melhor que o livro 1, que sinceramente, esperava mto mais do que foi revelado pelo autor, tomara que seja realmente melhor

    Bjim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kaaaaau, eu amei o 1º :( Espero que vc goste mais desse segundo.

      Bjs

      Excluir
  23. Li a resenha do primeiro livro e fiquei curiosa, ganhei o primeiro livro, mas como gosto de ler as series completas quando possível estou esperando adquirir o restante da serie. Lendo a resenha foi possível perceber que a serie continua cheia de suspense e surpresas. Espero ler em breve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu, estou contigo o/ Cansei de ler séries incompletas! Agora só inicio se uma boa parte dos volumes já foram lançados, muito chato isso de ficar esperando e mais chato ainda quando elas são canceladas :S

      Bjs

      Excluir
  24. Oi!
    A cada resenha fico ainda mais curiosa para poder conhecer a escrita do Toni Hill, gostei muito da historia do primeiro livro e com esse não foi diferente, fiquei muito curiosa para descobrir mais principalmente sobre os personagens e quero muito ler essa serie !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Suuuu, torcendo para que você tenha a chance de ler em breve.

      Bjs

      Excluir
  25. O autor teve uma grande sacada ao colocar um caso para ser discutido durante a trilogia, o desaparecimento enquanto outros casos aparecem e mostram o lado profissional de Hector.
    Primeiro falando da capa, está simples e muito atraente, deixando aquele ar de mistério mesmo, a premissa é muito interessante, esse suicídio quase coletivo dos funcionários e o mais importante o leitor ficar sem saber o real motivo disso ter acontecido.
    O autor buscou nesse volume trabalhar mais as personalidades e apresentar bem os personagens, fazendo com que a identificação acontecesse de forma rápida com o leitor.
    Manteve a qualidade e o mistério até o fim, a resenha me fez desejar ainda mais essa trilogia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. David, essa trilogia é aquela que a gente lê e quando termina tem vontade de reler de novo, tão fantástica que é!

      Bjs

      Excluir
  26. Oi. Estou louca para ler essa trilogia! Tenho certeza que vou gostar muito desse autor, pois lendo sua resenha me identifiquei completamente com meu estilo de leitura. Adoro suspense, mistérios, policial e finais que surpreendem a gente. Quero muito! Obrigada. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ma, vou torcer para você ler muito logo. Tenho certeza de que irá adorar!

      Bjs

      Excluir
  27. Gente, eu estou muito curiosa pra ler essa trilogia! Parece ser daqueles livros que a gente pega e não consegue soltar mais!!! Ainda mais por ter essa trama enlaçada nos tres volumes, sabe? Um mistério que vai se desenrolando devagaaaar. Mdds, preciso muito ler

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Feeeeer, sim!, você precisa MUUUITO ler!!!! Hahaha

      Bjs

      Excluir

* Deixe seu comentário e me faça feliz :D
* Se você tem um blog, não esqueça de deixar o link.