21 de abril de 2014

RESENHA: O COMEÇO DE TUDO - Robyn Schneider (Ed. Novo Conceito)



Oi, gente!

Hoje vou falar de um livro da NOVO CONCEITO que finalmente gostei! Gostei não, é pouco, AMEI! <3

Quem acompanha o blog deve ter percebido que não fui muito feliz com as últimas quatro leituras que fiz da editora. Foi uma mais decepcionante que a outra e fiquei bem desanimada. Depois de tantos livros que me desagradaram, peguei O COMEÇO DE TUDO, da ROBYN SCHNEIDER, para ler sem expectativa alguma e acabei me apaixonando pelo livro, tanto que entrou para os meus favoritos <3.

O Começo de TudoO COMEÇO DE TUDO
ROBYN SCHNEIDER
Editora: NOVO CONCEITO              
Ano: 2014                  
Nº págs: 288
Gênero: Drama

SINOPSE: O garoto de ouro Ezra Faulkner acredita que todo mundo tem uma tragédia esperando ali na esquina – um encontro fatal depois do qual tudo o que realmente importa vai acontecer. Sua tragédia particular esperou até que ele estivesse preparado para perder tudo de uma vez: em uma noite espetacular, um motorista imprudente acabou com a perna de Ezra, com sua carreira no esporte e com sua vida social.
Depois que perdeu o favoritismo ao posto de rei do baile, Ezra agora almoça na mesa dos losers, onde conhece Cassidy Thorpe. Cassidy é diferente de qualquer pessoa que Ezra tenha encontrado antes – melancólica e com uma inteligência mordaz.
Juntos, Ezra e Cassidy descobrem flash mobs, tesouros enterrados e um poodle que talvez seja a reencarnação do Grande Gatsby. À medida que Ezra mergulha nos novos estudos, nas novas amizades e no novo amor, aprende que algumas pessoas, assim como os livros, são difíceis de interpretar. Agora, ele precisa considerar: se uma tragédia já o atingiu, o que poderá acontecer se houver mais infortúnios?
O Começo de Tudo é um livro poético, inteligente e de cortar o coração sobre a dificuldade de ser o que as pessoas esperam, e sobre começos que podem nascer de finais trágicos.

Vocês já devem ter me visto umas mil vezes reclamando desses livros com adolescentes bobos. Meninas que só pensam em namorados, só vivem para isso, e meninos fúteis que só querem saber dos esportes e de ser popular. Por odiar tanto essa ondinha de “glammour” adolescente, tinha certeza que O COMEÇO DE TUDO seria mais um livro que iria odiar, mas, foi só começar a leitura para me ver super envolvida e apaixonada por Ezra, o garoto que era o esportista fútil e super popular.

Após uma série de acontecimentos ruins em sua vida, Ezra decide mudar, resolve ser um rapaz centrado nos estudos, que dá pouca importância a aparência e que deixa de se importar com o mundo fútil do colegial que conhecemos tão bem de tantos livros. AMO com todas as minhas forças esses livros que mostram o amadurecimento pessoal do personagem. Adoro ver meninos crescendo e pensando com homens de verdade. Aqueles que aprendem a dar valor a uma mulher pelo conteúdo que ela tem dentro da cabeça, e não dentro do sutiã.

Ezra foi exatamente esse tipo de personagem. Depois de sucessivas decepções com a vida e com pessoas, ele resolveu amadurecer e se tornar um homem melhor, mais responsável, mais desafiador. A forma de amar do personagem também passa por essa fase de transição e amadurecimento, se antes ele namorava com a mais popular da escola, agora ele se apaixona e passa a entender o significado do amor com Cassidy, a menina com cérebro.

Com a mesma intensidade que amei Ezra, amei Cassidy. A menina é toda misteriosa e cheia de segredos, mas a autora não explora isso como tantos autores de NA vêm fazendo. Ela não fez sua personagem assim com o intuito de torná-la uma fantasia sexual, ou de fazer com que o rapaz se aproxime para desvendar seus segredos. Cassidy é misteriosa porque é reservada, e tem motivo para isso, pois realmente carrega uma dor muito grande em seu coração.

A forma gradual com que o relacionamento dos dois foi acontecendo foi linda! Nada dessa coisa de “te conheci ontem e hoje te amo”, pelo contrário, os dois demoraram a se entregar ao sentimento, demoraram a se dar conta que estavam apaixonados, e quando isso aconteceu, me levau a um verdadeiro deleite de torcida e expectativa.

Porém, como nem tudo são flores, obviamente algo acontece com o casal, e aí, confesso: chorei em bicas e senti uma raiva tremenda de Cassidy. Tive vontade de abandonar o livro, de jogá-lo pela janela e de ficar com raiva do mundo. Não fiz nada disso só porque estava desesperada para dar um ombro amigo para Ezra e dizer que estava sendo solidária em sua dor. Mas Ezra, que amadureceu muito mais do que pude imaginar no início, tem outra opinião sobre o que aconteceu com ele e Cassidy.  O personagem mostrou uma disposição total para descobrir o que realmente havia acontecido entre eles e foi exatamente essa descoberta que me deixou em frangalhos. Jamais imaginei as razões de Cassidy e antes de ela confessar os acontecimentos, não imaginei que  (eu leitora) conseguiria perdoá-la.

SCHNEIDER escreveu uma história brilhante sobre amadurecer através da dor. Seus personagens foram extremamente interessantes e apaixonantes. Cada um deles, a sua maneira, tocou meu coração e fez com que eu enxergasse a dor que sentiam. A linguagem da autora também é belíssima, e apesar de ser um livro com protagonistas adolescentes, não encontrei diálogos rasos, pelo contrário, as conversas são intensas, inteligentes e maduras. Fiquei apaixonadíssima pelo livro e não vejo a hora de ler mais livros da SCHNEIDER. Depois de tantas decepções com os últimos lançamentos da NOVO CONCEITO, posso dizer que O COMEÇO DE TUDO é recomendadíssimo!


Comente com o Facebook:

3 comentários:

  1. Fiquei com vontade de ler. Estava precisando aparecer um livro com adolescentes que amadurecem de verdade. Ótima resenha.

    Abraço!
    http://constantesevariaveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Mari! Essa capa não tinha me chamado nem um pouco a atenção, achei ela feia. E a sinopse também não tinha me animado muito. Ia deixar esse para um dos últimos dos duzentos na fila da NC que tenho aqui em casa. Mas eu acabei de mudar de ideia.
    Adorei a sua resenha. Não imaginei que a história ia por esse lado, pensei também que ia ser a história bobinha que eu não suporto (sim, eu adoro romances leves e bonitinhos, mas não aqueles adolescentes bobos, como você falou).
    Agora O Começo de Tudo vai mudar de lugar na fila e devo ler semana que vem, tomara que eu goste tanto quando você gostou!

    Beijos,
    Adri Brust
    http://stolenights.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Meus parabéns! Amei a maneira que vc usou para se expressar, me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda ela traz o universo como tema.
    www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?

    ResponderExcluir

* Deixe seu comentário e me faça feliz :D
* Se você tem um blog, não esqueça de deixar o link.