18 de novembro de 2014

RESENHA + SORTEIO: O LONGO ADEUS - Raymond Chandler (Ed. Alfaguara)



Bom dia, pessoal!

Hoje darei continuidade à Semana Especial ALFAGUARA/ SUMA DE LETRAS, com mais uma resenha do RAYMOND CHANDLER. Dessa vez vou falar sobre O LONGO ADEUS, que também saiu pela ALFAGUARA.

O Longo AdeusO LONGO ADEUS (vol.6)
RAYMOND CHANDLER
Série: Phillip Marlowe
Editora: ALFAGUARA              
Ano: 2014                  
Nº págs: 400
Gênero: Policial

SINOPSE: Terry Lennox poderia ter a vida ganha. Ex-veterano de guerra, casou-se com a milionária Sylvia Potter e não precisaria mais se preocupar com nada desde que fechasse os olhos para a devassidão escancarada da mulher. Ele, no entanto, se afunda na bebida. É assim que Philip Marlowe o encontra caído, inconsciente , e a partir daí ambos criam um estranho laço de amizade. Quando Lennox lhe pede para fugir do país em circunstâncias misteriosas, Marlowe aceita ajudá-lo, mas aos poucos se vê enredado a uma elite poderosa e desajustada de escritores alcoólatras e mulheres fatais, que fará de tudo para encobrir os próprios crimes. Publicado em 1953, O longo adeus é a obra mais ousada e desafiadora de Raymond Chandler. É, nas palavras de Ricardo Piglia, talvez o melhor romance policial que já se escreveu.

Ontem falei um pouquinho sobre ADAMA DO LAGO, por isso hoje não vou repetir os diversos elogios que fiz a editora quanto à edição das obras do autor, mas digo que todos os bons comentários devem ser relembrados aqui.

O LONGO ADEUS é considerado o livro mais ambicioso e o melhor do autor. Concordo no quesito ambicioso, pois CHANDLER deixou seu enredo enorme, cheio de reviravoltas e coincidências forjadas, o que transformou a leitura em algo sublime. Quanto a ser o melhor, preciso ler os outros livros dele para afirmar tal fato com convicção.

Em O LONGO ADEUS foi bastante evidente o quanto a escrita do autor mudou, por vezes parecendo até mais poética, mas isso, claro, foi devido também aos personagens. Se em A DAMA DO LAGO o autor preocupou-se em nos apresentar uma história redondinha, sem tantos rodeios, em O LONGO ADEUS ele elaborou um enredo realmente complicado e inusitado, porém sempre condizente com sua preocupação em fazer parecer real. Em momento algum o autor criou situações mirabolantes para explicar essa ou aquela passagem, na realidade, foram os personagens que criaram histórias mirabolantes para escapar de um ou outro momento, e foi muito gratificante ver que foi possível reconhecer as situações impossíveis criadas pelos personagens, enquanto o autor se mantinha fiel ao que acreditava ser o principal na literatura policial: seguir com a história sempre em frente, de modo a fazê-la parecer verossímil, mesmo que não surpreenda. Contudo, se em A DAMA DO LAGO o autor seguiu esse seu pensamento e nos permitiu descobrir os fatos de sua história, em O LONGO ADEUS ele conseguiu surpreender mesmo que não fosse essa sua intenção inicial.

Mais uma vez, o leitor atento é capaz de descobrir o culpado ao prestar atenção nas dicas que o autor dá e nas conexões que ele faz, porém, ainda assim, ao final, ele traz a narrativa uma situação surpreendente que me fez ficar “Oo”, porque, por mais pistas que ele tenha fornecido, esse fato foi impensado por mim. Por isso, posso dizer que amei CHANDLER quando ele partilhou de sua opinião sobre a literatura policial (falei disso na resenha de ontem) e vi que pensávamos igual, ou seja, que a história deve ser possível e provável, mesmo que para isso o autor não surpreenda ao final; mas o amei ainda mais ao ver que ele, mesmo seguindo seus preceitos, conseguiu me deixar de boca aberta. Não com o culpado, mas com algo muito maior e muito mais interessante. O LONGO ADEUS é realmente um livro espetacular, que me deixou assoberbada com a grandiosidade do enredo, e, ao mesmo tempo, com a “simplicidade” do crime, do criminoso e suas motivações.

Para que não ficasse repetindo as mesmas coisas nas resenhas de ontem e de hoje, optei por falar de Phillip Marlowe apenas nessa segunda resenha. Marlowe é o detetive particular protagonista das histórias de CHANDLER, e que protagonista! O personagem é astuto, engraçado, inteligente, brilhante, convencido, arrogante, e muito, muito perspicaz. Em ambos os livros mostrou-se fiel aos seus instintos e disposto a tudo para descobrir a verdade dos casos em que trabalhou. Devido a sua grande coragem para enfrentar tudo e todos, ele está sempre levando uns sopapos, o que garante boas doses de humor, pois nem nessas situações ele perde a pose. Mas o mais gostoso de acompanhar em relação ao detetive é a “birra” que ele tem de policiais e o constante atrito que vive com eles. Os dois livros me deixaram bastante satisfeita em relação a essa convivência nada pacífica, principalmente porque adoro acompanhar a briga de egos entre os homens da lei.

O LONGO ADEUS torna-se bastante grandioso também por envolver figura$ pública$ importante$, o que sempre faz com que as histórias tenham reviravoltas surpreendentes e segredos obscuros, e CHANDLER desnuda cada tipo de segredo dessa sociedade privilegiada. De casos amorosos ao uso de drogas, o autor não poupa nada nem ninguém de seus problemas mais camuflados, e Marlowe não poupa nenhum dos personagens ao descobri-los e esfregá-los em suas caras.

Estou ansiosíssima por mais CHANDLER. Não veja a hora de 2015 chegar e com ele a ALFAGUARA trazer mais dois livros autor para nos deliciar. De novo tenho que terminar essa resenha dizendo que O LONGO ADEUS é recomendadíssimo! Leiam! <3


Ficou curioso (a) com o livro e quer ganhar um exemplar? 
Preencha o formulário do Raffle abaixo e cruze os dedos!


Regras Gerais:

- Ter endereço de entrega no Brasil.
- O sorteado terá até 48 horas para responder ao email de contato.
- O livro será enviado pela editora em até 60 dias.
- O blog não se responsabiliza por eventuais extravios, roubos ou perdas dos correios.

Regra OBRIGATÓRIA:


- Não basta VISITAR a página do blog e da editora no face. Tem de CURTI-LAS.


a Rafflecopter giveaway

Comente com o Facebook:

9 comentários:

  1. Fiquei muito curiosa para ler o livro. Ainda não li nada do Chandler, preciso corrigir isso! Estou com os dedos cruzados para ganhar! bjs

    ResponderExcluir
  2. E minha curiosidade para ler Chandler só aumenta, Mari. Ainda mais com essas suas ótimas resenhas. Com certeza participando.
    gabicz2@yahoo.com.br

    Abraço!
    http://constantesevariaveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Como sempre, você trazendo dicas maravilhosos de leitura. Gostei bastante da premissa desse livro e fiquei curiosa para saber qual foi esse ponto surpreendente que o autor revelou no desfecho da história. Acho que o grande trunfo da literatura policial é justamente esse, o de envolver o leitor em algo possível de acontecer e fornecer uma explicação tão surpreendente que sequer passa pela cabeça do leitor que essa fosse a realidade dos fatos. Espero poder conferir de perto a escrita do autor, estou cada vez mais ansiosa.
    Beijos,
    Isabelle | http://www.mundodoslivros.com/

    ResponderExcluir
  4. Fiquei com vontade de ler esse livro, infelizmente não pode ler nada sobre esse autor, ainda. Mas gostei da trama desse livro é realmente muito boa.

    ResponderExcluir
  5. Oi Mari!
    O Longo Adeus foi o primeiro livro que eu li do Raymond Chandler (lá se vão aaaanos..rsrs). Morro de vontade de reler, até porque levaram umas duas leituras a mais para que eu me encantasse pelo Marlowe. Acho que hoje a experiência de ler O Longo Adeus seria completamente diferente. Já li todos os romances do autor e estou em processo de ler todos os contos. Quando terminei, irei refazer essa releitura ;)
    Beijos
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Eu também me amarro em tramas que mostram essas "birras" entre detetives e policiais. Outra coisa que gosto é quando os detetives tem essa personalidade que o Marlowe tem, principalmente a parte engraçada. Quero muito conhecer a escrita do Chandler e espero que seja em breve.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  7. Eu adoro romances policiais. E mais ainda quando se tem reviravoltas no enredo sempre nos deixa mais amarrada no livro! Adoro!
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  8. Participando!!!
    maiiira04@gmail.com
    =**

    ResponderExcluir
  9. demorei um pouco para ler esse livro (10 dias), por isso achei um pouco cansativo.
    mas a história é muito boa, os personagens idem (apesar de que podia cortar uns 3 que não influenciariam em nada a história).
    e o final eu só fui perceber nas últimas 40 páginas.
    espero que você já tenha lido O Sono Eterno, que acho um pouco melhor.

    ResponderExcluir

* Deixe seu comentário e me faça feliz :D
* Se você tem um blog, não esqueça de deixar o link.