24 de maio de 2016

PROJETO: Lendo a série Rizzoli & Isles da Tess Gerritsen - Vol. 3: O PECADOR



Olá, meus queridos!

Terça-feira é dia do projeto LENDO A SÉRIE RIZZOLI & ISLES da TESS GERRITSEN e hoje vou falar sobre o 3º e melhor livro (até agora, pelo menos): O PECADOR.

O PecadorO PECADOR (vol. 3)
TESS GERRITSEN
Série: Rizzoli & Isles
Editora: RECORD              
Ano: 2011
Nº págs: 370
Gênero: Policial, Suspense

SINOPSE: Tess Gerritsen está de volta em mais um suspense de arrepiar, após o estrondoso sucesso de "O Cirurgião" e "O Dominador". Jane Rizzoli se une à médica Maura Isles, na pista mortal de um crime aterrador. Os corpos de duas freiras, vítimas de violência brutal, são encontrados dentro dos muros sagrados de um convento. Após a autópsia descobre-se que uma das freiras mortas dera à luz antes de ser assassinada. À medida que segredos há muito esquecidos vêm à tona, uma descoberta sobre a identidade do assassino revela-se perturbadora.


Minhanussasinhoradabicicletinha! Para tudo! O que foi esse livro? Gostei muito de O CIRURGIÃO, amei O DOMINADOR, mas não tenho palavras para falar de O PECADOR. Principal motivo por ter adorado: Maura Isles! Disse desde o princípio do projeto que ela é a minha preferida na dupla, contudo fiquei super chateada quando li O DOMINADOR e ela mal apareceu. Falaram que aquele era o livro de apresentação dela, mas ela apareceu apenas como profissional, nada de sua vida foi levado em conta... Já aqui *_____*

Maura se fez muito presente em um enredo completamente diferente dos dois livros anteriores, pois não temos assassinos com voz em O PECADOR, aliás, o assassino aparece bem pouco aqui, pois o foco são as vítimas e todo o mistério que se esconde por traz de suas mortes. As vítimas estão presentes da forma que mais gosto: completamente esmiuçadas! Maura, como patologista, detalha todo o estado dos corpos e motivos da morte, que são passagens que adoro ler.

E o mistério de O PECADOR não fica só por conta do assassino e de quem são as vítimas, mas também o misterioso aparecimento de alguém na vida de Maura. Eu gosto do fato de séries policiais serem flexíveis a ponto de não nos obrigar a lê-las na ordem, mas fiquei CHOCADA por descobrir um fato sobre a Maura que foi revelado nesse livro. Não lembro se do 8º ao 11º livro, que já li, foi mencionado isso, mas sei que quando foi revelado nesse volume tive uma surpresa GIGANTE!

O que gostei muito nesse volume foi o fato de TESS ter saído um pouco do universo hospitalar, pois O PECADOR tem uma diversidade de ramificações que nos levam a vários lugares e nos deixam cada vez mais ansiosos para conferir como a autora vai conseguir ligar pontos tão distantes geograficamente em uma única explicação.

Preciso dar um destaque também para Jane Rizzoli, que a cada volume vem me surpreendendo com sua maleabilidade e poder de adaptação, mas, mais que isso, poder de conquista! Achei a personagem um pé no saco no 1º livro, mas nesse 3º ela foi MUITO bacana e mostrou que vai se tornar uma personagem cada vez maior e uma detetive cada vez melhor. Existe uma passagem, perto do final, que ela dá uma ordem a uma empregada de uma residência que me fez vibrar com a inteligência e astúcia dela <3. Ganhou meu coração e meu respeito.

Como comecei a série a partir do livro oito, sempre vi o nome do padre Daniel aparecer, mas nunca imaginei como ele poderia ter caído no meio dos incríveis enredos da TESS, e aqui fui finalmente apresentada ao personagem, que somando com o que já sei a seu respeito, levou-me a fazer mais e mais conjecturas sobre ele.


Desses 3 primeiros livros lidos, O PECADOR foi o melhor, além das merecidas 5 estrelas, entrou também para minha lista de favoritos. Quem ainda não está acompanhando a série, corre! Corre porque vale muito à pena! TESS é diva!


Comente com o Facebook:

12 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Mari, a primeira aparição da Maura foi na verdade no livro o Jardim dos Ossos, mas foi uma aparição relâmpago, apenas nas primeiras páginas. Esse livro, como você deve saber, não é da série, mas apesar da médica mal aparecer, vale muito a pena, pois é um livro de época e fala muito sobre a medicina rudimentar do século XIX. Quando puder, o leia, pois vale muito a pena. Tem cenas de revirar o estômago.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ro, você é a segunda pessoa que me fala desse livro. Tenho ele aqui, vou tentar ler em breve, prometo ;)

      Bjs

      Excluir
  3. Adorando ler suas resenhas sobre a série Rizzoli & Isles.
    Amo essa série e sou suspeita em falar dela, pois a Tess é minha autora favorita e amo a série.
    Louca para ler o próximo. Tomara que não demore muito. ☺

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Giiii, estou com todos lidos, nas terças você vai poder acompanhar a resenha de cada um deles

      Bjs

      Excluir
  4. Tantas saudades dessa série, de pegar do primeiro e ler até o ultimo *-*

    Otima resenha Mari, como sempre né

    Bjim

    ResponderExcluir
  5. Olá! Estou lendo A Última Vitima, livro 10 e já havia visto as capas/sinopses dos livros da autora, mas só agora é que percebi que é uma serie. Meu Deus, não vou terminar nunca de ler...Adorei sua resenha e já começarei a adicionar todos a minha lista interminável de desejados. Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Legal um fato da vida da personagem se revelar para você mesmo começando a leitura do 8° livro. Adoro sua empolgação com a série que quase fico com vontade de ler apesar das cenas mais fortes... QUASE kkkkk

    ResponderExcluir
  7. Oi! Ainda não li esse livro da Tess, mas sinceramente não me surpreende ser tão sensacional. Sério mesmo *__* Um dos meus preferidos dela é Jardim de Ossos. Eu acho. Ultimamente tenho confundido e mistura todos os titulos de livros hahahaha

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Tenho que ler esse livro, por esse livro mostrar mais da Isles já esperava ele ser melhor que os outros dois, pois para mim para a serie funcionar essa dupla tem que estar presente, mas não esperava que o livro fosse ser tão bom, estou bem curiosa para ler esse livro e gostei muito do crescimento da Rizzoli ao longo dos livros !!

    ResponderExcluir
  9. Eu sempre tive curiosidade de ler os livros da Tess, mas o preço é um grande empecilho, quando encontrar promoções vou começar a comprar.
    Quando o assassino tem voz é muito bom, mas quando o livro é mais focado nas vítimas, fica melhor ainda, nos envolvendo mais com todos os personagens.
    Por ser uma série é fundamental que os protagonistas, a detetive e a patologista evoluam e com isso o leitor conheça mais sobre suas vidas. Saber que tudo é bem explicado, as revelações são surpreendentes e as coisas vão se encaixando ao longo do livro e dos outros volumes, só faz minha vontade de ler aumentar!

    ResponderExcluir
  10. Acho que me perderia um pouco com tanto cenário hospitalar, mas bom saber que nesse a autora foge um pouquinho.
    Quero muito ler a série, Mari. Vou continuar torcendo para o preço diminuir, porque tá difícil rs

    ResponderExcluir

* Deixe seu comentário e me faça feliz :D
* Se você tem um blog, não esqueça de deixar o link.