4 de setembro de 2015

RESENHA: COLEGA DE QUARTO - Victor Bonini (Ed. Faro)




Boa tarde, pessoal!

Para encerrarmos a sexta-feira de forma divina, vou falar de um livro surpreendente: COLEGA DE QUARTO do VICTOR BONINI. Lançamento da editora FARO que já entrou para meus favoritos.

Colega de QuartoO GAROTO QUASE ATROPELADO
VICTOR BONINI
Editora: FARO              
Ano: 2015
Nº págs: 272
Gênero: Drama

SINOPSE: Eric Schatz, carioca que se mudou para São Paulo por conta do curso universitário, começa a perceber indícios de que há mais alguém frequentando o seu apartamento. Primeiro, um par de chinelos. Então, uma outra escova de dentes. Um micro-ondas que é ligado sozinho durante a noite, barulhos estranhos a qualquer hora e luzes que se apagam de modo misterioso. Até que, em determinada noite, Eric enxerga o vulto do colega de quarto entrar em seu apartamento pela porta da frente. Desesperado, o rapaz vai atrás de um detetive particular, mas parece ser tarde demais. Em menos de 24 horas, tudo acontece de modo acelerado e depois de uma ligação desesperada, cortada abruptamente, Eric despenca da janela do seu apartamento. Em seu livro de estreia, o autor nos apresenta uma história urbana de tirar o fôlego. Um mistério que passa por uma relação familiar complicada, suspeitas por todos os lados, e camadas e camadas de culpados. Há alguém inocente?

Caraca! Mal sei como começar essa resenha. Aliás, sei sim, já vou começar dizendo que COLEGA DE QUARTO é um livro muito, muito, muito foda! Desses que a gente passa a madruga inteira lendo, acorda quebrado no outro dia e mesmo assim continua com um sorriso nos lábios, pois a leitura gerou plena satisfação. Após mais de uma semana da finalização desse livro, ainda consigo sentir os calafrios que ele me provocou e o quanto BONINI apresentou um enredo grandioso.

Duas coisas são essenciais para tornar um livro policial incrível: um enredo foda e um protagonista mais foda ainda. Em minha longa experiência com livros do gênero, já encontrei muitos que tinham um enredo soberbo, mas que o protagonista não era tão magnífico assim, a às vezes ele nem fizeram falta, pois o enredo foi grandioso demais e não me incomodou ter um protagonista fraco. Outras, passei pela experiência contrária, encontrei protagonistas brilhantes e enredos chochos, e sim, acabei um pouco frustrada com esses; mas algumas vezes tive a sorte de encontrar os dois elementos em um mesmo livro e de ter uma experiência incrível com a investigação, e foi exatamente o caso aqui. BONINI acertou em TUDO em COLEGA DE QUARTO.

De cara já somos apresentados a um enredo sinistro: um jovem de família abastada se crê louco por achar que alguém vive com ele em seu próprio apartamento. Ele conta a algumas pessoas sobre sua desconfiança, mas elas desdenham de suas suspeitas. Nisso o livro já se tornou fascinante, pois parece que estamos frente a um livro de terror, tão sinistra são algumas coisas inexplicáveis que acontecem.  

Sempre que leio livros policiais costumo manter os pés no chão. São muitos os livros do gênero que nos dão essa falsa ilusão de sobrenatural, mas sempre digo: “é um livro policial, portanto, terá explicação concreta”. Mas BONINI realmente conseguiu me deixar desconfiada que nem tudo ali teria uma explicação humana, pois por diversas vezes pensava: “não terá como dar uma explicação a isso”. Foi sinistro mesmo! Então, é claro que quando o detetive resolveu realmente dar as caras eu já estava apaixonada pelo livro, mas com a participação cada vez mais intensa do detetive-advogado Bardelli, fiquei simplesmente alucinada.

Simplesmente AMO detetives inteligentes, sagazes e que não deixam passar nada, e Bardelli é assim. Sempre atento aos mínimos detalhes e sempre desconfiado de todos, o que nos faz desconfiar também e elaborar mil conjecturas e possibilidades para cada um dos suspeitos. E suspeitos não faltam! Cada um dos personagens tem seu lado enigmático e sinistro, o que nos faz ter certeza de que estão envolvidos de alguma forma com os acontecimentos. E mais legal que desconfiar deles, é poder descartá-los e jogar todas as suspeitas em cima de outro personagem, um que, até aquele momento, a gente podia jurar que nada tinha a ver.

O final foi maravilhoso! E não, não adivinhei quem era o verdadeiro envolvido no caso, nem sequer suspeitei de quem foi. Fiquei chocada com a qualidade desse livro e com a criatividade do BONINI para descrever um crime tão soberbo e nos fazer enredar por caminhos tão diversos e tão confusos para resolvê-lo. Pois é, brasileiro manda MUITO bem no gênero policial, sim! Só posso terminar essa resenha dizendo que quero e espero muitos mais livros com o detetive-advogado Bardelli e que não vejo a hora de todos vocês lerem e se maravilhares com esse suspense de deixar qualquer um de queixo caído!


Leiam! Leiam! Leiam! Já!



Comente com o Facebook:

23 comentários:

  1. Fiquei bastante empolga dela sua resenha. Deu de notar que o livro não deixou a desejar em nada e que foi surpreendente tbm. Não sou de ler muito esse gênero, mas dos que li até agora todos foram bons. Já adicionei ele a minha lista.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode adicionar sem medo, Dany.

      Livro fabuloso! <3

      Bjs

      Excluir
  2. Mari!
    Feliz! Feliz! Feliz!
    Até que enfim um livro policial que vale a pena, e ainda mais de um escritor Brazuca. Bem orgulhosa.
    Surtando aqui para acompanhar o detetive-advogado Bardelli nessa descoberta do mistério.
    Confesso que também pensei que teria uma pegada sobrenatural, o que seria bom de certa forma, mas se tem uma explicação 'natural', melhor. Policial legítimo.
    Quero para ontem.
    “Torna-te aquilo que és.”(Friedrich Nietzsche)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, Rudy, policial legítimo! Pode fazer festa porque o livro é foda demais! Leia que você vai adorar!

      Bjs

      Excluir
  3. Fiquei louca por esse livro =o
    Necessito pra ontem rsrs não me lembro de ter lido algum livro policial, mas vejo todas as séries que posso e amo de paixão. Então, creio que vou adorar esse livro.
    P.S.: Enquanto descrevia como gostava de detetives, a primeira coisa que veio a mente foi o Sherlock de Elementary.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dri, comprei Elementary, mas ainda não comecei a ver.

      Leia o livro que não se arrependerá, é magnífico!

      Bjs

      Excluir
  4. Putaquepariu! Vou correndo comprar o meu exemplar...

    ResponderExcluir
  5. Está é a segunda resenha que leio desse livro e ambas me deixarm muito curiosa para ler o livro. Fico com um pouco de medo, pelo sobrenatural que o livro tem e peli suspense, mas curiosa do mesmo jeito.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem sobrenatural, não. Tudo é explicado perfeitamente ;) Leia sem medo.

      Bjs

      Excluir
  6. Uau, Mari! Estou pasma com tantos elogios, e completamente ansiosa para ler este livro depois de sua resenha. Eu já queria né, agora então...
    Eu imaginei algo sobrenatural, mas acho que não é mesmo o caso. Também amo detetives inteligentes, e mais ainda, autores que criam um suspense de arrepiar. O que você fez foi maldade ..rs Quero muito, muito mais ainda ler ele.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia, Le, você vai ficar CHO-CA-DA! É fenomenal!

      Já quero reler <3

      Bjs

      Excluir
  7. Oi Mari,
    Assim você coloca o leitor contra a parede...sauhshua...to brincando...quero dizer contra a parede, porque vou ter que ler esse livro de qualquer maneira, assim que possível. Também amo quando um autor nos surpreende e fascina dessa maneira. Estou super hiper e mega curiosa com a leitura. Obrigado pela resenha tão entusiasmada, que deixa qualquer um com vontade de ler.

    Beijos Elis
    http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elis, juro, esse livro é fodorástico! Pode ler com a certeza de amar! Depois volta aqui pra me contar o que achou, ok?


      Beijos

      Excluir
  8. Sua resenha está muito boa, estou super curiosa para ler esse livro, adoro histórias relacionadas a investigações e como você também adoro quando tem aqueles detetives que não deixam passar nada, o livro está adicionado em minha lista de leituras e pretendo ler em breve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mari, espero que você leia muito logo e volte para contar o que achou. É soberbo, juro!

      Bjs

      Excluir
  9. Esse livro me pareceu incrivelmente magnífico já pela capa, eu achei extremamente bem feita, daquelas que são realmente sugestivas e instigam a leitura. Quanto à história, sou apaixonada por policiais, e só por isso já posso dizer que estou ansiosa para conhecer a trama. Sabendo da grandiosidade do enredo e da sagacidade do detetive em resolver os enigmas, minha curiosidade só aumenta!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paaaa, pode ler que tenho certeza que você vai amar <3

      Beijos

      Excluir
    2. Espero que a leitura aconteça logo, tô bem ansiosa! <3

      Excluir
  10. Nooooossaaaaa, esse livro deve ser fodaaaa. Adoro terror e thriller psicologico e esse ja me ganhou com certeza!! Ja quero esse livro na minha estante pra ontem!! Quero quero quero. Essa trama bem desenvolvida e esses personagens arrebatadores me ganham de um jeito q nenhum outro genero ganha! ^^

    Www.cidadedosleitores.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oie
    O livro parece ser incrível mesmo,eu vi o book trailer um tempo atrás e adorei o ar de mistério envolvendo toda a história.E é tão bom ver os escritores brasileiros se saindo tão bem,já que não conheço muitos escritores de livros policiais por aqui.E eu já estou imaginando os milhares desfechos para a história.Sem dúvidas esse é um livro que eu quero ler.

    ResponderExcluir
  12. Oi! Esse livro parece ser de tirar o fôlego, gosto de tramas assim, com bastante suspense e que você não consegue adivinhar quem é o culpado. Fiquei bastante curiosa quando li a sinopse, eu fiquei com dúvida se realmente existe esse colega de quarto, mas sinto que tem um mistério e acho que se trata de alguém de carne e osso, mesmo que pareça ser algo de outro mundo rsrsrs. Estou louca para ler o livro e saber quem é o colega de quarto, caso ele exista, rs.

    ResponderExcluir
  13. Eu amo coisas que envolven detetives, FBI ou a polícia, amo tanto séries e filmes quanto livros! Eu fui na livraria e me deparei com "colega de quarto", li a sinopse e adorei, pela sua resenha o livro é muito bom, obrigada pela dica, Mari.. certo?

    ResponderExcluir

* Deixe seu comentário e me faça feliz :D
* Se você tem um blog, não esqueça de deixar o link.