8 de maio de 2014

RESENHA + SORTEIO: SENHOR DAS MOSCAS - William Golding (Ed. Alfaguara)



Boa tarde, pessoal.

A resenha de hoje é sobre um clássico que não cai no esquecimento jamais: SENHOR DAS MOSCAS do WILLIAM GOLDING, relançado pela ALFAGUARA.

SENHOR DAS MOSCAS
WILLIAM GOLDING
Editora: ALFAGUARA              
Ano: 2014                  
Nº págs: 224
Gênero: Drama

SINOPSE: Durante a Segunda Guerra Mundial, um avião cai numa ilha deserta, e seus únicos sobreviventes são um grupo de meninos em idade escolar. Eles descobrem os encantos desse refúgio tropical e, liderados por Ralph, procuram se organizar enquanto esperam um possível resgate. Mas aos poucos — e por seus próprios desígnios — esses garotos aparentemente inocentes transformam a ilha numa visceral disputa pelo poder, e sua selvageria rasga a fina superfície da civilidade, que mantinham como uma lembrança remota da vida em sociedade



Há muitos anos, quando ainda estava na faculdade, o professor de filosofia passou o filme SENHOR DAS MOSCAS em aula. O filme foi bastante forte e chocante, e durante anos quis ler o livro do GOLDING, mas sempre acabava deixando para lá. Quando a ALFAGUARA enviou a nova edição, vi que era a oportunidade de conferir essa história que durante tantos anos me marcou e me impressionou. E o resultado é que continuei surpreendida por esse enredo que, a meu ver, chega a ser macabro.

O livro fala sobre um grupo de meninos presos em uma ilha deserta em busca de sobrevivência. Ao mesmo tempo em que GOLDING humaniza seus personagens, os transforma com o passar das páginas. Se antes todos eram submissos a um determinado personagem (Ralph), não demoram a antipatizar com sua posição de líder e tirá-lo de seu posto. Com isso, os garotos não demoram a escolher um novo membro a seguir, um rapaz de caráter duvidoso e nada dócil (Jack), que se rende a selvageria de viver no limite. Não demora para que seus seguidores comecem a se portar de forma semelhante, mostrando que a maioria dos rapazes são manipuláveis e dispostos a tudo para se encaixar nesse “novo” grupo.

As humilhações que muitas das crianças sofrem são frequentes e fazem sofrer o leitor, porque é impossível ficar indiferente a seus sentimentos de dor. Cheguei a um ponto na leitura que desejei que a vida desses jovens acabasse logo, pois estava sendo extremamente doloroso acompanhar a evolução de alguns personagens para a maldade, e a decadência de outros, para a desistência.

GOLDING retrata de forma monstruosa a personalidade do opressor e dos oprimidos, e choca, ao desnudar sem medo algum, a maldade inerente em algumas crianças. É realmente assustador ir observando as nuances de maldade que vão tomando conta desses meninos e observar que eles são pequenos assassinos com sede de sangue.

Acredito que se os personagens fossem adultos, não causariam um mal estar tão grande no leitor, mas, justamente por se tratar de crianças, vamos ficando aterrorizados e temerosos com relação as atitude delas, pois é angustiante acompanhar a decadência do caráter de jovens que ainda estão em formação.

O meio e o modo de vida a que esses jovens estão submetidos podem até estar moldando-lhes suas atitudes, mas creio que o comportamento agressivo, cínico e dissimulado de alguns personagens não se deve apenas à situação limite ao qual se encontram, mas sim a uma maldade já intrínseca que se aproveitou da situação para dar as caras e mostrar seu eu verdadeiro, mesmo porque, o “chefe” parece bastante satisfeito com sua posição de líder e orgulhoso de seus feitos, muito deles macabros.

Não bastando um líder tão maligno, GOLDING ainda explora uma figura mítica em SENHOR DAS MOSCAS, que acaba por assustar os jovens mais que a maldade que ronda a personalidade cruel de alguns personagens. Li em algumas analises do livro que esse ser é uma alegoria ao diabo, que os meninos sentem-se aterrorizados pelo sobrenatural que ronda a ilha. Até mesmo o título do livro remete a esse ser, uma vez que SENHOR DAS MOSCAS significa, em hebraico, Belzebu. Contudo, a barbárie presente nas páginas é tão real, que não fiquei impressionada com a referência diabólica. Creio que em face da sangria, violência, rituais macabros e sacrifícios humanos que as crianças praticam, qualquer outra abordagem fica em segundo plano, uma vez que nada gera um impacto tão grande no leitor do que ver a maldade vir à tona nesses jovens.

SENHOR DAS MOSCAS é um livro macabro por ser um retrato tão fiel da maldade humana já inerente que aflora, sem medo ou vergonha, diante certas condições. Uma leitura que causa um enorme incomodo psicológico, mas  que não é recomendada, e sim obrigatória!


Se você também se interessou pela leitura, não perca a chance de ganhar um exemplar aqui no blog.

Para concorrer basta:
- Seguir o blog no TWITTER ou Curtir a página do blog no FACE. Um ou outro, não precisa ser os dois ;)  mas, quem quiser os dois, agradeço
- Curtir o FACE da editora ALFAGUARA.
- Deixar um comentário válido na resenha. Tem que ser um comentário válido, nada de: bacana, legal, gostei da resenha, quero ler, etc.

- Deixar o nome com que você comentou no formulário do RAFFLE.

 a Rafflecopter giveaway


ATENÇÃO:
- O sorteio será feito apenas dentre aqueles que comentarem na resenha.
- A promoção tem início hoje 08/05/2014 e termina em 28/05/2014
- O vencedor deverá ter endereço de entrega no Brasil.
- O vencedor terá até 48 horas para responder o email de contato com seus dados para envio.
- O livro será enviado pela editora ALFAGUARA em até 60 dias. 
- A editora e o blog não se responsabilizam por furtos ou extravios dos correios, bem como dados errados passados pelo vencedor.




Comente com o Facebook:

18 comentários:

  1. Faz um bom tempo que quero ler esse livro, e saber de toda essa reflexão psicológica que provoca só aumenta minha vontade. Então claro que estou concorrendo. :) Ótima resenha.

    gabicz2@yahoo.com.br

    Abraço!
    http://constantesevariaveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. eu simplesmente adoro livros que mexem com o nosso psicologico e nos fazemrefletir quanto a condiçao humana e os limites do que eh 'humano' ou nao. sempre quis ler esse livro, espero que essa seja a minha chance! adorei a resenha !

    ResponderExcluir
  3. jacqueline ellen8 de maio de 2014 21:47

    já tinha ouvido falar neste livro , mas nunca havia imaginado seu conteúdo , ele parece ser aquelas historias que você vai lendo e aquilo gera algo que se contorce em nossas mentes , é interessante do fato de mostrar crianças é que a maldade não tem idade , basta que nos tirem o verniz da civilização, amor e sentimento de fraternidade e sociedade para nos tornarmos monstros ou nossos próprios lobos
    cara , esse livro vai ser muito massa hehe
    jacquelineellen12@hotmail.com

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia este livro, mas a sinopse dele me lembrou um pouco, apesar de ser bem diferente o motivo, dos sobreviventes da queda do avião que tiveram que comer carne dos próprios companheiros para sobreviver. Ali foi por sobrevivência, coisa bem diferente que teremos neste livro, visto que a maldade pura e crua do ser humano vai estar destacado.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  5. Querendo ler para vencer minha fobia de livros em um local só =P Sabe-se lá pq cismei com esse =P Acho que a parte psicológica me atraiu afinal sou psicóloga, e enfim...Não gosto de maldade mas gosto de saber o raciocínio que existe por trás das pessoas que fazem.

    miquilis: Bruna Costenaro

    ResponderExcluir
  6. Para ser sincero, nunca havia nem sequer ouvido falar deste título. Porém, com sua resenha (e nota) do livro, fiquei super interessado, já que sei que sua avaliação é de tamanha confiança.

    decaranasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Mari, eu sou a única que nunca tinha ouvido falar desse livro? Vi que é um clássico, mas não conheço rs. Mas, pela sua resenha, parece um livro que marca, que causa impacto na vida dos leitores. Gosto disso, hoje em dia temos tantos livros que lemos e sentimos como se não fizesse diferença nenhuma, que é bom ver livros que mexem com a gente. Mas, apesar de ter me interessado bastante e ficado bem curiosa, acho que ele é um pouco forte demais para mim nesse momento rs. Acho que eu teria que parar tudo e me dedicar completamente ao livro, sei lá, e agora não posso fazer isso. Mas nas férias, quem sabe, acho que é um bom momento. Adorei.

    Beijos,
    Adri Brust
    Stolen Nights

    ResponderExcluir
  8. Também não tinha ouvido falar desse livro, mas parece ser um livro bem impactante, que mostra como é a natureza humana quando posta aos limites. Muito boa sua resenha e com certeza é um livro que vale a pena ler.

    ResponderExcluir
  9. Eu já tinha lido alguns comentários citando a obra, mas até agora não sabia absolutamente nada a respeito do enredo. Por isso confesso que foi com um misto de choque e curiosidade que eu fui acompanhando sua resenha e desvendando alguns detalhes do livro.
    O que mais me chamou atenção no seu relato, foi a maneira que o autor construiu seus personagens e montou toda a trama. Só em ver a distorção da personalidade de alguns e a exploração do que há de mais vil no ser humano em outros, que eu já encontrei uma justificativa boa o suficiente para explicar a presença da figura mítica do diabo (que ao que me parece, não foi romanceada). E diante de tudo isso, só posso dizer uma coisa: preciso ler esse livro com urgência!

    Beijos,
    Isa | http://www.mundodoslivros.com/

    ResponderExcluir
  10. Poxa, como eu nunca tinha ouvido falar desse livro?rsrs
    A sinopse é realmente muito boa, e o que mais me chamou a atenção, foi o fato das crianças. Não gosto de livros que tratem criança desta forma, porque para mim, crianças sempre será os seres mais puros e ingênuos que existe. Porém, eu não vou generalizar né!
    E é claro que eu leria... nossa eu quero ler e muito! Pense que pela resenha eu já imagine as cenas... passou tudo pela minha cabeça. Parece ser muito bom.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. O Senhor das Moscas é um dos poucos clássicos que tenho vontade de ler ( junto com O Retrato de Dorian Gray, O Grande Gatsby e Os Miseráveis), só que ainda tenho um pouco de receio sobre se o livro vai atingir minhas expectativas. É esperar pra ver...

    ResponderExcluir
  12. Colocando entre os mais desejados da minha lista. É bom sair do que se está acostumado, ainda mais com um clássico ^^ não tinha nem ouvido falar antes mas fiquei interessada.
    Se eu der azar aqui (como sempre) eu vou procurá-lo :))

    ResponderExcluir
  13. Antes de chegar ao último capítulo da resenha eu já pensei: "preciso ler esse livro macabro demais!".
    Já tinha ouvido falar do título, mas não sabia do que se tratava, e adorei, é perturbador demais, chocante ao extremo, diabólico, para fazer o leitor passar mal com o quanto qualquer ser humano pode ser doentio e malvado.
    Vou ver se meu consegue esse livro, pois ele é o cara que consegue livros clássicos aqui em casa hehehe

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. A capa me chamou atenção e por causa disso fui atrás de resenhas e a sua selou com chave de ouro a opinião dos outros..Estou louca pra ler, pois pelo visto vai pe prender do início ao fim.
    PArabéns pela resenha.

    Participando..espero ganhar!!
    Seguidora GFC: Lininha
    Seguidora Face: Aline Costa
    Email: aline.menininhadedeus@gmail.com

    ResponderExcluir
  16. Já tem um tempinho que quero ler esse clássico. Fiquei muito interessado pelo mesmo após receber uma indicação de um amigo meu e após ler os adjetivos que você usou para descrever o livro (macabro, surpreendente, revoltante...), essa vontade só aumentou. Pelo que observei, esse livro influenciou várias das distopias atuais.

    Já tinha procurado esse livro na livraria e só tinha encontrado a versão de bolso da Saraiva de Bolso, mas essa edição da Alfaguara veio bem a calhar.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  17. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  18. É a primeira vez que leio algo sobre o livro.
    Pelo que li de sua resenha,o livro parece ser bem denso e carregado de fortes e sinistras emoções.

    Vou participar e torcer muito.
    Silvajanaina576@gmail.com

    ResponderExcluir

* Deixe seu comentário e me faça feliz :D
* Se você tem um blog, não esqueça de deixar o link.