8 de abril de 2016

RESENHA: MR. MERCEDES - Stephen King (Ed. Suma de Letras)



Olá, pessoal!

Hoje é um belíssimo dia aqui no blog. Sabem por quê? Yes! É porque vou falar do novo livro do mestre KING: MR. MERCEDES, lançado pela SUMA DE LETRAS.

Mr. MercedesMR. MERCEDES
STEPHEN KING
Editora: SUMA DE LETRAS              
Ano: 2016
Nº págs: 400
Gênero: Policial, Suspense

SINOPSE: Nas frigidas madrugadas, em uma angustiante cidade do Centro-Oeste, centenas de pessoas desempregadas estão na fila para uma vaga numa feira de empregos. Sem qualquer aviso um motorista solitário irrompe no meio da multidão em um Mercedes roubado, atropelando os inocentes, dando ré e voltando a atropelá-los. Oito pessoas são mortas, quinze feridos. Em outra parte da cidade, meses mais tarde, um policial aposentado chamado Bill Hodges é ainda assombrado por um crime sem solução. Quando ele recebe uma carta enlouquecida de alguém que se auto-identifica como privilegiado e ameaça um ataque ainda mais diabólico, Hodges acorda de sua deprimente e vaga aposentadoria, empenhado em evitar outra tragédia. Brady Hartfield vive com sua mãe alcoólatra na casa onde ele nasceu. Ele adorou a sensação de morte sob as rodas da Mercedes, e ele quer aquela corrida de novo. Apenas Bill Hodges, com um par de aliados altamente improváveis, pode prender o assassino antes que ele ataque novamente. E eles não têm tempo a perder, porque na próxima missão de Brady, se for bem sucedido, vai matar ou mutilar milhares.  Mr. Mercedes é uma guerra entre o bem e o mau, do mestre do suspense, cuja visão sobre a mente deste obcecado assassino insano é arrepiante e inesquecível.

Muita gente se surpreendeu quando KING disse que iria lançar um livro policial. Eu não. E digo mais, sabia o que esperar e sabia que seria excelente, e sabia disso por três motivos: JOGO PERIGOSO, ECLIPSE TOTAL e ROSE MADDER. É impossível ler esses três livros e não reconhecer neles que KING é um excelente autor de thriller e suspense. JOGO PERIGOSO é um tanto quanto odiado pelos fãs, o motivo até hoje não compreendo, pois é um dos meus favoritos e o que tem um suspense dos mais angustiantes. ECLIPSE TOTAL é, na minha opinião, um dos melhores livros de mistério, seja ou não do mestre, e por causa dele já sabia que poderia esperar um grande enredo de MR. MERCEDES. Outro livro em que KING permeia no gênero thriller é ROSE MADDER, um dos piores que li do mestre e que me decepcionou imensamente pelos traços fantásticos na obra, mas que me agradou de forma intensa no que se tratou do gênero thriller. Além desses três citados, contos como BIG DRIVER e A GOOD MARRIEGE (ambos em ESCURIDÃO TOTAL SEM ESTRELAS), já mostravam um KING familiarizado com o tema vingança e psicopatia, portanto, a excelência que encontrei em MR. MERCEDES não me surpreendeu, apenas alimentou ainda mais meu amor por esse homem.

Confesso, porém, que a surpresa ficou com forma como o mestre delineou sua história, não fazendo dela um policial comum, daquele que investigamos junto com o protagonista até chegarmos ao culpado, pois antes de ter o livro em mãos achei que o mestre verteria por essa forma do romance policial, mas não, KING optou por escancarar o assassino logo no começo e seu show de horrores ficou por conta de dissecar a personalidade desse sujeito, tão enigmático e desprezível ao mesmo tempo em que se passava por alguém tão simplório e calmo. E creio que foi exatamente isso que causou impacto em MR. MERCEDES: um culpado dissecado em todos os níveis de sua personalidade. O lado sexual do psicopata foi o que mais me assustou, mas a relação dele com a mãe não ocupou lugar de menos destaque nos choques que tive. Aliás, KING conseguiu passar de forma brilhante que todos nós podemos conviver com um psicopata sem nos darmos conta de sua maldade intrínseca ou de seus anseios de destruição.

Quanto ao “lado do bem”, mais uma vez KING conseguiu apresentar personagens memoráveis, daqueles que sentimos “porra, conheço esse sujeito!”, é, talvez a gente não conheça, mas não seria impossível, pois eles carregam características de muitos de nossos conhecidos. Bill, o detetive, é aquele cara que a gente ama logo de cara e se apaixona por sua força de vontade em resolver o crime e conseguir chegar ao culpado.

Uma coisa que adoro nessas narrativas em que o assassino tem voz é o fato de nos sentirmos desesperados por causa do mocinho. Entrei em desespero MUITAS vezes acompanhando a investigação de Bill, que não fazia ideia de quem era o monstro que estava perseguindo e que estava a sua espreita, mas nós, leitores, que já somos apresentados a ele logo de cara, sentimos uma corrosão nos nervos e uma imensa vontade de gritar para Bill tomar cuidado e que o sujeito está próximo. Sim, adoro livros em que posso bancar a detive e descobrir junto com o investigador o culpado, mas adoro igualmente ver que sei quem é o culpado e que o detetive não, pois isso me faz conversar com ele, torcer por suas descobertas e querer que ele veja as coisas como vejo, e claro, faz com que eu deseje que ele ponha em prática todas as coisas ruins que desejei para o culpado. E foi aqui que MR. MERCEDES me frustrou.


Sim, apesar de ter amado o livro com todas as minhas forças, o final me frustrou. Eu já estava com “sangue no zóio” e queria ver morte, mas MR. MERCEDES não teve final! Ok, sei que é uma trilogia, mas não pensei que o final seria tão frustrante. Fiquei furiosa! Tive a sensação de ter acompanhado a investigação quase comendo as páginas para que o final escapasse por meus dedos e eu não tivesse o final que tanto almejei para aquele assassino cruel. E por mais que pensasse comigo mesma “tem continuação, tem continuação”, não conseguia fazer a sensação de frustração me abandonar de forma alguma! Se-nhor, eu PRE-CI-SA-VA ver algo mais! KING quase dilacerou meu bom senso com o final ¬¬ Mas “tá” bom, já faz dias que li e agora a revolta já passou, o que não passou foi a curiosidade para conferir mais dessa história. Ainda bem que a SUMA será bozinha e trará muito em breve a sequência, quem aí já está com água na boca para conferir?



Comente com o Facebook:

28 comentários:

  1. Mari!
    Fico sempre imaginando onde King vai buscar tanta inspiração para escrever livros tão diversificados e cada um melhor que o outro.
    Fiquei doidinha para poder ler.
    “O conhecimento torna a alma jovem e diminui a amargura da velhice. Colhe, pois, a sabedoria. Armazena suavidade para o amanhã.” (Leonardo da Vinci)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista especial de aniversário em abril: com 6 livros 5 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  2. Estava querendo ler porque livro dele é muito bom mesmo e é desse estilo que gosto muito. Até agora só consegui ler um e pouca coisa de outro que vi e não deu pra ler, primeiro capítulo sabe? Mas estou tentando pegar livros dele, esse é um que entrou pra lista. Uma pena que esse tenha um final frustante :S
    Mas fora isso parece valer a pena e o jeito é esperar por mais!

    ResponderExcluir
  3. Se eu não lê-se a resenha e só tivesse visto a capa nunca imaginaria que esse é um livro policial. Nossa credo, depois disso vou começar a desconfiar de todo mundo que é muito calmo hahaha, senhor imagina ter um psicopata ao seu lado sem você saber?
    Te entendo, sou assim também, porém prefiro quando eu não sei quem fez certa coisa, pois quando eu sei eu fico "Meu Deus do céu, a pista ta na sua frente como você não ta vendo?" ou algo do tipo, as vezes fico até com raiva porque é tão óbvio e ele ainda não conseguiu ver(em alguns casos, claro). Quando o livro é uma triologia ou série, eu fico morrendo de raiva quando deixam algo sem resposta no final, porque tem autores que demorar um século pra lançar a continuação e quando lança já esqueci quase tudo do livro anterior hahaha, mas enfim, o livro parece ser ótimoo.

    ResponderExcluir
  4. A falta de um confronto entre Bill Brady foi o que me decepcionou. Se o final fosse o mesmo, mas Bill estivesse presente na cena do show, teria me conformado mais. Achei muito estranho Bill não estar lá e suspeito que deve ter algum motivo para o autor não tê-los colocado frente a frente no primeiro livro. Vamos ver se King tem alguma carta na manga.

    http://porquelivronuncaenguica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Alexandre Gasparetto9 de abril de 2016 18:35

    Mariii já tenho meu exemplar...logo começo ler!!!

    ResponderExcluir
  6. Não costumo ler livro policial, acho que nunca li.
    Apesar de ouvir falar muito do Stephen King, ainda não li nada dele.
    Confesso que a parte do suspense me atrai, gosto disso.
    Ganhei o exemplar em uma promoção e vou ler, mas fiquei um pouco decepcionada em saber que o final não é tudo aquilo rs
    Também não gosto de ficar esperando lançar a continuação, espero que não demore muito.

    ResponderExcluir
  7. Estou doida pra ler esse livro, curto muito um suspense e a escrita do mestre Stephen King e cada resenha que leio dele me deixa ainda mais ansiosa em conferi essa história.

    ResponderExcluir
  8. Tô muito ansiosa para ler Mr. Mercedes, espero não me frustar. King é o meu escritor favorito e também amo suspense/policial, vou ter que arrumar tempo para ler. E que as continuações não demorem por aqui. =)

    ResponderExcluir
  9. Oi Mari!!
    Tive pouca experiencia com livros do King, sendo que só li Carrie e Joyland, mas foram livros que amei.
    Se Mr. Mercedes junta policial com aquele terror típico vou amar, pois são meus gêneros preferidos...
    Quero muito ler pois fiquei curioso com essa personalidade psicopata muito bem descrita pelo King.
    Não sabia que era uma trilogia. Estou muito ansioso pra ler!!!
    Beijo.

    ResponderExcluir
  10. Amo livros de mistério e terror, e claro que amo os livros do Stephen King. Os personagens e a trama parecem ser bem desenvolvidos, uma pena o final ter lhe frustado. Amei a resenha, super completa :D Abraços.

    ResponderExcluir
  11. Eu quero muito conhecer a escrita Stephen King, ouvir tantos elogios sobre sua escrita que ja estou quase sem unha de tanta curiosidade.
    Eu amo romances policiais, com uma boa dose de suspense, e esse livro mesmo sem eu ler ja me conquistou.
    Já sai por onde começar, quando for fazer parte do universo paralelo so Sr.King.
    Boa Noite.
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Eu não sabia que era uma trilogia! Oh! Bom, eu também não estranhei muito o fato de Mr Mercedes ser policial justamente por causa de Jogo Perigoso. Adoro esse livro e realmente não sei porque os fãs não gostam. Eu fiquei a leitura toda tão tensa que fiquei até com dor no pescoço, sério, rsrs. Também gosto de Rose Madder, a parte fantástica realmente é um pouco confusa e o desenvolvimento não é bom, mas a história fica bem sustentada justamente no suspense. Eclipse Total ainda não li. Eu sou uma leitora tardia de Stephen King, conhecia mais o trabalho dele nas adaptações para a tv, fora O Cemitério, só depois da Torre Negra que comecei a comprar seus livros, até porque só mais recentemente os livros dele começaram a ser reeditados por aqui. Espero que a Suma logo tenha um Eclipse Total pra gente!
    Então, é óbvio que quero muito ler Mr Mercedes, ainda mais com uma resenha tão empolgante. Você tem razão, desvendar o mistério junto com o protagonista é muito bom, mas saber quem é logo de cara também tem suas vantagens. Aí a gente pode acompanhar os atos do assassino e a todo momento tomar sustinhos quando ele esbarra no detetive. Adorei.

    ResponderExcluir
  13. Li poucos livros do King,mas amei cada um deles.Espero muito ler esse livro, pois já me deixou completamente empolgada com essa resenha.

    ResponderExcluir
  14. Li poucos livros do King,mas amei cada um deles.Espero muito ler esse livro, pois já me deixou completamente empolgada com essa resenha.

    ResponderExcluir
  15. O recurso de King, ao mostrar o assassino no início e dissecar sua personalidade, lembrou-me a novela "A Favorita". Nos primeiros capítulos, temos a assassina e o autor vai mostrando a personalidade dela com requintes de crueldade.

    ResponderExcluir
  16. Tenho lido vários comentários e resenhas e tenho viso opiniões bem diferentes a respeito desse livro. Alguns gostaram outros não e aí fica dificil ter uma idéia mais precisa do que esperar do livro. Como ainda não li e espero fazer isso esse ano ainda, fico apenas na expectativa de ler e gostar muito.

    ResponderExcluir
  17. Oiii
    Eu nunca li um livro do King,mas sempre ouço elogios sobre ele.
    tenho uma certa curiosidade de ler os livros dele,talvez eu comece com esse.
    Bjs

    ResponderExcluir
  18. Stephen King é incrível!!! Adorei a resenha, me deixou mais ansiosa pra ler :D

    ResponderExcluir
  19. Sou louca para ler os livros desse autor, pelo fato de todos elogiarem a leitura, no entanto nenhum tinha despertado meu interesse como esse, a forma como a construção do personagens, a escrita, deixa a trama totalmente cativante, e envolvente, com certeza esse e um dos livros dele que pretendo com certeza ler.

    ResponderExcluir
  20. Stephen King é um dos meus escritores favoritos da vida e parece que só melhora com o tempo. Estou louca para ler Mr. Mercedes. Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  21. Cara, que resenha maravilhosa Mari! Sem dúvidas já quero ler! Amo livros com essa pegada e com este corte final nos deixando cada vez mais loucos para adquirir a sequência, hahaha. Achei digno todos os pontos que você exemplificou e defendeu suas aflições do livro com dignidade, rs. Parabéns pela resenha, curtiria mil vezes se tivesse como. Espero ler logo, afinal King é King. <3

    Obrigado pelo post, grande abraço.

    Ewerton Lenildo - Viajante das Letras.
    viajantedasletras.blogspot.com ;)

    ResponderExcluir
  22. Oi Mari! Sério, sem bajulações, que resenha sensacional! Consegui sentir seus sentimentos nela! Adorei!
    Agora, em relação ao livro, sua resenha me deixou super curiosa para ler algo do King! Ainda não li nada do gênero, mas espero mudar isso em breve! Pois adoro um bom suspense em filmes e séries, imagina em livros?! Deve ser incrível!
    Pensei que fosse livro único, e imagino sua frustração ao final, mesmo sabendo ser uma trilogia. Abraço!

    ResponderExcluir
  23. Olá!


    Quero muito ler esse livro! O King é um mestre no que faz e tenho certeza que vou amar esse livro.
    Eu não sabia que tinha continuação, amei a idea!

    ResponderExcluir
  24. oi tudo bem..
    boma ianda nao li esse nem os outros livros do autor,pra falar a vdd nao gosto muito desse estilo de livro,mas gostei bastante da sua resenha ,dá vontade de ler pelo que vc fala,se eu nao ganhar o livro do sorteio ,pretendo comprar pq achei bem legal lendo a resenha,espero que eu goste..
    bjo ate..

    ResponderExcluir
  25. Resenha perfeito,já ouvifala muito desse livro mas não li ainda,mas vou com certeza ler despois dessa resenha fiquei super curiosa.

    ResponderExcluir
  26. Todas as vezes em que via a capa do livro e seu autor,achava que se tratasse de mais um livro de terror,que por sinal gosto muito.
    E com sua resenha fiquei surpresa em saber que é um livro policial.E confesso que estou ansiosa para lê-lo.
    Pena que o final não foi o esperado.Mas mesmo assim acho que vale a pena.

    ResponderExcluir
  27. Do mestre Stephen King tive o prazer de ler duas de suas obras e desde então virei uma grande fã, não só de suas histórias mas também de sua maravilhosa escrita. E para um grande fã, não tem como não ficar intrigado com esta horripilante história. Sr.Mercedes tem aquele terror que só o King consegue criar e nos fazer prender do começo ao fim da narrativa. Brady, é de uma desumanidade e crueldade que pouco cremos que alguém foi capaz de criar um personagem assim. Estou realmente de queixo caído com sua resenha e nem consigo imaginar o livro pela tamanha ansiedade que estou para lê-lo. Resenha sensacional!
    Beijos.

    ResponderExcluir

* Deixe seu comentário e me faça feliz :D
* Se você tem um blog, não esqueça de deixar o link.