22 de março de 2013

RESENHA: O ÚLTIMO GRITO - Lisa Jackson (Ed. Bertrand Brasil)


Bom dia, pessoal.

Vou finalizar esta semana com resenha de livro policial. Vocês sabem que eu AMO o gênero e que gostaria de ler todos os já lançados no mundo. Como tal feito é impossível, na maioria das vezes opto por livros de autores que já conheço, mas claro que também adoro conhecer novos nomes. O problema é que cada vez que conheço um novo autor de policiais eu acabo me afeiçoando a ele e querendo ter a coleção completa.

Hoje vou falar sobre O ÚLTIMO GRITO, da LISA JACKSON, lançado ano passado pela BERTRAND BRASIL. Com relação à LISA fui à contramão do que acabei de falar no parágrafo acima. Vi tanta gente falando bem da autora que corri para ter minha “coleção” dela (de apenas três livros lançados, por enquanto), mas ainda não havia lido nada da autora. Quando consegui a parceria com a BERTRAND pensei: “é agora LISA JACKSON!” e fiquei super entusiasmada quando O ÚLTIMO GRITO, o 3º que faltava para minha coleção, chegou.

SINOPSE: Prosperity, Oregon, 1977. Um incêndio mortal no moinho da abastada família Buchanan faz Cassidy, filha caçula de Rex Buchanan, dono da propriedade e de metade da cidade, ver sua adolescência e seu amor serem levados pelo fogo. O incêndio foi criminoso e houve vítimas fatais, mas sua autoria nunca foi descoberta, e o caso nunca foi resolvido. Dezessete anos depois, determinada a enfrentar seus demônios e a sair em busca da verdade, ela retorna a Prosperity. Mas, em vez de respostas, outro incêndio aterrorizante e um assassinato acontecem. Intrigados com a coincidência entre a presença de Cassidy e as duas tragédias, alguns moradores começam a especular se ela seria a vítima que teve sorte de sobreviver ou a culpada.

Ao ler a sinopse e os tantos elogios à autora, comecei a ler o livro de forma desesperada. Eis que se deu o problema. Não sei se foi pelo excesso de expectativa que depositei nela, mas, infelizmente, não me senti atraída pela história.

O livro é dividido em duas partes: a primeira, que conta a história da família de Cassidy em 1997; as tragédias e mortes que se abateram sobre seus familiares e amigos, o incêndio criminoso na fazenda de seu pai, etc. E a segunda parte, que conta a história de Cassidy 17 anos depois do primeiro crime, mas envolvida em um novo incêndio.

Preciso dizer que ao ler o prefácio eu fiquei chocada! Adorei cada palavra escolhida e fiquei em êxtase ao ver que o primeiro contato que estava tendo com o livro era com o criminoso. Aliás, durante todo o livro, o incendiário vai se manifestando, e isso que serviu para fazer com que eu lesse até o fim. Claro que pelo uso das palavras, a forma como fala, os pensamentos, etc, conseguimos perceber qual o sexo da personagem e por conta disso, e pelo fato de o livro não ter diversos personagens (como é comum nos livros policiais), no meio dele conseguimos ter certeza sobre quem é o assassino, o que não fica claro, e nos faz rodar em círculos de especulações, é o motivo; que quando revelado nos deixa CHOCADOS, pois são imensamente fortes.

Sei que falei logo no começo que não gostei do livro, mas que fiz diversos elogios agora, a realidade é que tirando esses fatores que citei, achei o livro pobre em seu conteúdo policial e com páginas demais sobre romance, romance, romance e sexo, sexo, sexo.

A idéia do livro, do crime, dos motivos e o assassino são geniais, mas completamente possíveis de serem BEM desenvolvidas em 300, 350 páginas, não em 600 como foram utilizadas.

A primeira parte do livro quase me fez desistir. A sensação era de estar lendo um romance de época com mocinhas “dadas” e (muitas) cenas de sexo ardente. Aliás, uma das personagens só pensa nisso, só fala disso e por saber ser linda se atira em cima de todos os homens. A primeira parte foi realmente um tédio, e a leitura foi lentíssima. Porém, como havia lido muitas resenhas positivas sobre o livro, e quase todas citavam a segunda parte como sendo ótima, decidi que persistiria na leitura.

O começo da segunda parte de fato me agradou bastante. Um novo incêndio, o mesmo modus operandi, e aí o livro realmente ganhou um tom mais investigativo, o que fez com que eu devorasse as próximas 100, 150 páginas, e foi aí que a morosidade voltou. Mais uma vez a narrativa se tornou lenta, enfadonha, cheia de enrolações e sexo, sexo e mais sexo.... O ÚLTIMO GRITO é um livro policial, mas a sensação de estar lendo um romance de banca não abandonou a história. Além do sexo, era sentimentalismo pra cá, paixão para lá, lembranças infinitas de amor, etc. E eu, igual a uma desesperada querendo ver crime e investigação.

Ao longo de toda essa embromação, várias revelações interessantes foram feitas, o que nos faz chegar cada vez mais perto do personagem que é culpado, mas a coisa já estava TÃO enfadonha que foi impossível dar o devido valor a elas. Meu interesse no livro só voltou quando os motivos passaram a ser revelados e confirmou minha suspeita sobre o criminoso, só que quando isso aconteceu, já era o fim e faltavam menos de 20 páginas para terminar a história.

Minha consideração final é que O ÚLTIMO GRITO seria um livro perfeito se enfatizasse menos os relacionamentos amorosos e fixasse mais na idéia criminal e investigativa, que é o que se espera de um livro policial.

Contudo, diante de tantos elogios que vejo para a autora, não pretendo desistir dela só por um primeiro contato. Darei mais duas chances a LISA, com CHAMA FATAL e CALAFRIOS. Espero que a autora me conquiste, do contrário, será uma coleção a menos de livros policiais a fazer, e eu odeio me desfazer deles :(



FICHA DO LIVRO


O ÚLTIMO GRITO
LISA JACKSON 
Editora: BERTRAND BRASIL                      
Ano: 2011                  
Nº págs: 602
Gênero: Policial, Suspense



Comente com o Facebook:

3 comentários:

  1. Eita, acho que irei gostar! Adoro mistérios e suspenses, pena que personagens morrem!

    ResponderExcluir
  2. amiga, se prepare então para CALAFRIOS ... esse sim é de arrepiar!!!

    ResponderExcluir
  3. Apaixonada por romances2 de outubro de 2015 09:16

    Nossa eu amei o livro,justamente por misturar amor ,sexo,suspense kkkkkk,não consegui parar de ler.Estou louca para ler calafrios

    ResponderExcluir

* Deixe seu comentário e me faça feliz :D
* Se você tem um blog, não esqueça de deixar o link.