19 de outubro de 2012

RESENHA: LOUCAMENTE SUA - RACHEL GIBSON (ED. JARDIM DOS LIVROS)


Boa tarde, queridos!

Vocês sabem que depois dos livros policiais meus preferidos são os chick lit, por isso hoje vou apresentar a resenha de um desses livros que tanto adoro: LOUCAMENTE SUA da RACHEL GIBSON, lançado pelo selo JARDIM DOS LIVROS.


Recebi o livro através de um cadastro que fiz no blog REVISTA INNOVATIVE. O blog procurava parceiros para resenhar o livro da GIBSON, me cadastrei e fiquei super empolgada quando fui selecionada, mas minha alegria durou pouco, pois comecei a ler várias pessoas dizendo que o livro era de literatura erótica (como isso virou moda), e eu não aprecio tal leitura. Contudo, eu já estava quase para receber o livro, resolvi arriscar e... Deu super certo!

Primeiramente, gostaria de esclarecer que apesar de ter alguns momentos picantes, não considerei o livro como erótico, a tal da literatura hot. Para mim, ele faz parte dos deliciosos chick lit, cheios de romance e humor.

LOUCAMENTE SUA conta a história de Delaney Shaw, uma cabeleireira que volta a sua cidade natal após 10 anos.

Delaney saiu da cidade por causa do padrasto, um homem muito rico, mas que a pressionava muito e que não a deixava ter uma vida de adolescente normal. Para provocar, ela resolveu se envolver com Nick Allegrezza, um rapaz lindo, perigoso e filho bastardo de seu padrasto, Henry. Quando Henry pega os dois juntos faz um escândalo tão grande que a única saída que Delaney vê é ir embora. E é isso que ela faz, mas, após 10 anos, é obrigada a voltar, pois Henry está morto e situações bizarras envolvem Delaney no testamento do padrasto.

Após a leitura do testamento, a história fica bastante óbvia e previsível, mas isso não apaga a delícia que é compartilhar as palavras escritas por GIBSON. Com muito humor e uma narrativa bastante fluida, a autora conquista o leitor que não consegue largar o livro. A cada minuto queremos ler mais sobre as situações “micadas” pelas quais Delaney vive e o quão forte (ou não) ela será para resistir ao charme de Nick.

Li o livro em um dia e simplesmente amei! Cada frase, cada linha, foi acertadamente colocada por GIBSON. A história beira o cômico, mas jamais de forma exagerada, e as partes picantes jamais beiram o ridículo ou o vulgar, pelo contrário, até elas têm pitadinhas de humor, mas sem esquecer daquelas partes que nos fazem dar suspirinhos.  

LOUCAMENTE SUA é humor e romance na medida certa! Recomendo muito!


FICHA DO LIVRO

LOUCAMENTE SUA
RACHEL GIBSON
Ano: 2012                   
Nº págs: 344
Gênero: Romance, Chick Lit




Comente com o Facebook:

7 comentários:

  1. Também amei esse livro, história ótima, divertida e picante na medida certa

    ResponderExcluir
  2. Antes de mais nada, que bom que não considerou o livro como erótico, porque eu costumava pular os livros dessa autora achando que todos fossem assim e só recentemente descobri que não são, então já estão na minha lista. Adorei a resenha, parece ser mesmo bastante interessante. E um bom chick-lit é ótimo de ler, né? Humor e romance na medida certa, adoro!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Não conheço o livro, mas a Rachel é muito bem falada por diversos blogueiros, com seus livros engraçados!!
    Fiquei bastante curiosa para saber o que acontece no testamento, mas acho que seria spoiler, vou tentar adquirir o livro em breve!!
    Abraços
    www.estantedepapel.com

    ResponderExcluir
  4. Não conheço o livro, mas a Rachel é muito bem falada por diversos blogueiros, com seus livros engraçados!!
    Fiquei bastante curiosa para saber o que acontece no testamento, mas acho que seria spoiler, vou tentar adquirir o livro em breve!!
    Abraços
    www.estantedepapel.com

    ResponderExcluir
  5. Esse foi o primeiro livro que li da Rachel e sei bem que foi quando li esse que a autora me conquistou...é um romance bem previsível, mas mesmo assim só consegui parar de ler quando acabei.. e quando acabei já estava com saudade e querendo saber sobre outros livros da autora...

    ResponderExcluir
  6. A tradução/revisão não é um mar de rosas, mas a história compensa. Amei Nick, um tipo cabeludo, meio ogro, com sua moto. Ele não é muito bom com as palavras, mas tem atitudes legais em relação a Delaney, como: comprar pneus próprios para a neve para o carro dela, arrumar a fechadura da porta de seu salão... coisas gentis, mesmo, a todo instante, dizendo que não se importa com ela hahahahahahaha
    Os flashbacks, que são ótimos, dão a dimensão do que foi a infância deles: Nick sendo rejeitado pelo pai e Delaney, sufocada pelos pais, pela cidade, tendo que ser a garota perfeita, com modos perfeitos. Acho a mágoa de Nick totalmente compreensível. Infernizar Delaney era o modo que ele tinha de atingir o pai, tipo, "eu existo", mas, apesar de achar válido, ele abusou do bullying... coitadinha de Delaney hahahahahahahahahahaha

    ResponderExcluir
  7. Hoje em dia livro nao pode ter uma cena quente que ja é erotico, ne me importo se o livro for erotico mas tiver uma boa historia o que nao acontece muito.
    Gostei da historia mesmo sendo obvia, adoro romance leve e bem humorado.

    ResponderExcluir

* Deixe seu comentário e me faça feliz :D
* Se você tem um blog, não esqueça de deixar o link.