17 de setembro de 2014

RESENHA: BRILHO e CENTELHA - Amy Kathleen Ryan (Ed. Geração Jovem)



Olá pessoal.

Hoje vou escrever duas resenhas em uma. No final da semana passada li BRILHO e CENTELHA da AMY KATHLEEN RYAN, lançados pela GERAÇÃO JOVEM, selo da editora GERAÇÃO.

Brilho BRILHO (vol.1)
AMY KATHLEEN RYAN
Série: Em Busca de um Novo Mundo
Editora: GERAÇÃO JOVEM        
Ano: 2013                 
Nº págs: 354
Gênero: Distopia, Sci Fi

Sinopse: A Terra não existe mais, e em duas naves que procuram um novo mundo no espaço, uma menina de 15 anos precisa casar e engravidar para garantir a sobrevivência da humanidade. Enquanto isso, uma sucessão de acontecimentos eletrizantes torna a jornada pelo espaço algo absolutamente imprevisto. Temas como religião, a escolha da mulher e a ideia de poder e dominação vão aparecendo muito suavemente articulados ao longo da trama, amarrando o leitor com surpresas e reviravoltas estonteantes. São temas universais, postos num livro por uma escritora surpreendente e que promete arrasar a cena literária a partir desta sua fantástica criação. 

Devo ser sido uma das poucas blogueiras que não leu BRILHO assim que saiu. Apesar de ter ficado louca pela capa linda que a editora fez, e de ter achado a sinopse o máximo, resolvi que iria esperar o segundo volume sair, pois não queria ficar esperando um tempão antes de conferir a continuação. Sim, eu sabia que iria gostar do livro. Como? É um misto de diistopia com Sci Fi, só se eu fosse maluca para não gostar!

Peguei BRILHO para ler e simplesmente não consegui largar, tão envolvente foi. Adorei o fato de a história se passar no espaço, de termos duas naves, etc. O ponto alto foi sem dúvida o sequestro das garotas por uma outra nave e por motivos que mesmo em parte esclarecidos me deixaram em dúvida. Aliás, isso foi o mais fascinante na leitura, mesmo com explicações para algumas situações, continuei em dúvida sobre as revelações, pois NINGUÉM ali é totalmente bom ou mau, portanto, não era possível acreditar de olhos fechados em nenhumas das histórias contadas.

Devido a essas características, os personagens se tornam apaixonantes, pois todos possuem seus desvios de personalidade e falta de caráter. Se em um momento me vi torcendo por Seth, que aparentava ser um dos mocinhos, em outro estava horrorizada e achando que ele era um dos vilões, o mesmo aconteceu em relação à Kieran.  Para mim, até então, salvava-se apenas Waverly, a garota parecia extremamente focada, certa de suas convicções e altruísta.

Quando o livro finalizou, agradeci por ter deixado para ler BRILHO apenas quando CENTELHA tivesse sido lançado, pois o livro terminou de um jeito fantástico e seria uma agonia imensa ter que aguardar pela continuação.


Centelha CENTELHA (vol.2)
AMY KATHLEEN RYAN
Série: Em Busca de um Novo Mundo
Editora: GERAÇÃO JOVEM        
Ano: 2014                 
Nº págs: 376
Gênero: Distopia

SINOPSE: Depois de Brilho, a saga nas estrelas continua… Após uma fuga desesperada da nave inimiga, Waverly e as outras meninas sequestradas conseguiram voltar para a Empyrean. Mas o clima por ali não poderia estar pior. Kieran, o menino gentil e sonhador que Waverly amava, assumiu o posto de capitão e passou a agir como um tirano de sangue-frio, deixando a Empyrean sob uma tensão sinistra. Seth Ardvale, líder brilhante e arqui-inimigo de Kieran, foi trancafiado na prisão, sem julgamento. As crianças prodígios que mantêm a nave funcionando estão revoltadas com o autoritarismo do líder. Para completar, uma explosão faz soar o alarme de mais uma ameaça. Eles não estão sozinhos. A tripulação aterrorizada terá que lidar com um inimigo pior do que a New Horizon, ou o delírio de Kieran. Seth descobre um passageiro clandestino na nave, que se move silenciosamente, deixando rastros de sangue por onde passa. O criminoso quer vingança. E só Waverly é a chave para entender seu ódio e impedir que ele detone sua bomba-relógio.

Ao iniciar CENTELHA tive um prazer fora do comum, pois o livro não fica retomando passagens e situações, pelo contrário, começa do exato ponto em que BRILHO parou. Se existe uma coisa que tenho raiva em continuação de séries é a mania de ficar retomando fatos e mais fatos que já aconteceram. Apesar disso, senti falta de uma aprofundada da autora em uma situação bastante forte que aconteceu com as garotas quando foram sequestradas no primeiro livro. É como disse, não gosto da repetição de ficar falando vezes e mais vezes sobre um assunto já concluído apenas para relembrar, mas esse tópico merecia ter sido re-explorado, mesmo porque não consigo imaginar as meninas não ficando com “sequelas” pelo que houve. Contudo, acredito que a autora voltará a dar uma abordada nesse ponto no terceiro livro.

Se o primeiro volume já havia me conquistado pela dualidade do caráter dos personagens Seth e Kieran, esse segundo fez com que eu gostasse ainda mais dos meninos. Seth, acordou para seus erros e Kieran, se tornou ainda pior, comportando-se como um ditador tirano. Mas a surpresa veio quando até Waverly perdeu sua personalidade única da bondade e mostrou seu lado não tão generoso. Confesso que passei a gostar ainda mais da personagem por isso.

Achei o primeiro volume ótimo, mas CENTELHA foi realmente excelente! É como se um embate político estivesse sendo travado e tentativas de destronar Kieran acontecessem a todo momento. Além disso, no primeiro volume Kieran e Waverly eram o casalzinho de ouro da nave, mas eles começam a ter problemas em seu paraíso particular e o triângulo Kieran-Waverly-Seth se intensifica e dá contornos do que poderemos aguardar na finalização da trilogia, que aliás, vou ficar desesperada aguardando, pois CENTELHA terminou de um jeito que me deixou com o coração na mão! Meu único arrependimento com a leitura foi o de não ter esperado sair o terceiro livro para ler a trilogia de uma vez, pois será um agonia imensa ter de esperar para conferir o final.

E deixei para falar por último o que mais me fascinou nessa série: a religião. Como o tema é abordado nos dois livros, deixei para falar sobre isso no final da resenha. Adoro livros que abordam esse tema. Gosto de ver como os fanáticos se perdem por suas crenças e o mal que são capazes de causar em nome de sua fé cega. AMY explorou essa vertente muitíssimo bem através de dois personagens que me tiraram o fôlego: Anne Mather, uma verdadeira maluca que age em nome da fé através de meios sórdidos, e Kieran, que de repente se perde nesse lado, impõe a fé aos passageiros de sua nave e praticamente se proclama um messias. Não vou negar que algumas vezes me senti entediada ao ler os discursos inflamados de fé cega desses personagens, mas admito que foram passagens excelentes, passagens que geraram momentos de reflexão. Como não sou religiosa, a posição de Waverly em relação ao tema me atraiu bastante, e talvez tenha sido exatamente por isso que a tenha adorado tanto. Mas reafirmo que AMY foi genial ao explorar o tema nesse gênero literário. Foi fabuloso de acompanhar. 

Recomendo muitíssimo os dois volumes e estou super ansiosa aguardando o terceiro. Espero que a GERAÇÃO não nos deixe esperando muito e publique logo o final dessa instigante história. Amei!


Comente com o Facebook:

14 comentários:

  1. Ganhei Brilho há um tempinho em um sorteio e agora fiquei ainda mais ansiosa pra ler. Parece mesmo eletrizante, Mari. Ótima resenha.

    Abraço!
    http://constantesevariaveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá tudo bem?
    O site Biblioteca do Terror em parceria com o vlog Ler Vicia está lançando um desafio literário de halloween, no qual os participantes são desafiados a ler cinco livros de terror á sua escolha seguindo algumas regras. Indiquei seu blog por lá, se puder participar eu ficaria muito feliz :)

    http://bibliotecadoterror.blogspot.com.br/2014/09/desafio-halloween-literario.html

    Abraços e obrigado.

    ResponderExcluir
  3. Eu me apaixonei por esse livros logo que vi a capa do primeiro. Nem precisei ler a sinopse. Essa foi a primeira resenha que li desses livros e me apaixonei mais ainda.
    Mas, como tenho um sério problema de ansiedade literária (rs.) vou deixar pra comprar e ler tudo quando sair o terceiro volume.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nil, você está certa em aguardar. Fiquei com o coração na mão e querendo roer os cotovelos pq não tinha a continuação ¬¬. Espera sim, só não deixa de ler.

      Excluir
  4. Oi Mari! Você não foi a única que não leu o livro assim que saiu, eu ignorei completamente ele e nem sabia direito sobre o que era, além de que era uma distopia. Mas agora me interessei, parece uma história bem diferente, e é tão bom quando lemos e ficamos sem saber em quem acreditar, tentando descobrir qual é a verdade e tudo mais, deixa a leitura muito mais interessante. Fiquei muito curiosa, mas acho que vou esperar sair o último, para não ficar desesperada pela continuação que nem você rs.

    Beijos,
    Adri - Stolen Nights

    ResponderExcluir
  5. Olá, eu ainda não li nenhum dos livros, mas estou curiosa para ler, as pessoas tem falado muito bem, não li nada do gênero, porém estou super curiosa para ler, espero gostar, fico feliz em saber que os livros te agradaram, espero poder ler em breve.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  6. Apesar de não gostar de livros de ficção científica e distopias, achei a sinopse desses livros bem interessantes. Já li várias resenhas falando muito bem sobre essa série, e agora a sua também.Acho que vou dar uma chance a ela, vai que gosto?!

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia esses livros, mas depois dessas suas resenhas, fique encantada. Também odeio quando o segundo livro da série fica repetindo fatos e situações do anterior como se o leitor fosse retardado e esquecesse tudo. Tem uma série que é assim. Cada livro tem basicamente a protagonista fazendo um resumo do livro anterior antes de tudo. Fica bem chato.
    Já coloquei esses na minha lista.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Meus olhos se encheram de lágrimas ao final de centelha, realmente a autora conseguiu me emocionar com essa história.

    ResponderExcluir
  9. Adorei sua resenha! Você soube falar muito bem sobre a história e essa série é realmente muito boa. Acabei de ler ontem mesmo o segundo livro. Estou louca para ler o último, mas estou preocupada. Já estamos em 2016 e nada até agora!! Eles não podem nos deixar sem o último livro, isso é tortura! Beijinhos!
    http://www.gisabarone.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Fazem 3 anos que estou aguardando o 3 livro da trilogia, você poderia me dizer se será lançado um dia?

    ResponderExcluir

* Deixe seu comentário e me faça feliz :D
* Se você tem um blog, não esqueça de deixar o link.